Empresa de café desenvolve ações para proteger trabalhadores durante a colheita - TOPVIEW

Empresa de café desenvolve ações para proteger trabalhadores durante a colheita

Cuidados relativos à COVID-19 serão reforçados nas comunidades cafeeiras de todo o país

29 0
Compartilhe

Como parte de seu compromisso e responsabilidade com as pessoas, a Nespresso, em parceria com a Cooxupé, NKG Stockler, Wolthers&Associates, Bourbon Specialty Coffees e EISA, criou uma série de iniciativas para orientar produtores, trabalhadores e moradores rurais durante o período de colheita de café, que ocorre de maio a setembro no Brasil.

Para comunicar as boas práticas, uma cartilha digital com recomendações de prevenção em cada etapa do processo foi elaborada. O documento apresenta os cuidados que devem ser tomados desde transporte de trabalhadores, chegada a fazenda, colheita de café até convívio em áreas de conveniência, refeitórios e alojamentos. As orientações para segurança de moradores nas fazendas, pessoas em grupo de risco e quarentena – no caso de possíveis sintomas da doença – também são pontuados no material de suporte.

Além da cartilha, as medidas serão reforçadas por meio de mensagens via WhatsApp, SMS, e-mail marketing e spots de rádios. “Queremos levar a informação ao maior número possível de pessoas para, assim, prevenir a propagação da COVID-19. A nossa prioridade é garantir segurança a todos os envolvidos na cadeia do café. Por isso, estamos investindo em variados tipos de comunicação, especialmente, no período da colheita, quando existe mais chance de contágio”, reforça Guilherme Amado, Gerente de Café Verde da Nespresso Brasil.

A iniciativa faz parte do Programa Nespresso AAA de Qualidade Sustentável™, lançado em 2003 em colaboração com a ONG Rainforest Alliance e o Imaflora, para fornecer aos produtores conhecimentos e técnicas que os apoiem na produção de um café de alta qualidade, utilizando práticas sustentáveis e que também contribuam com a qualidade de vida.

“Nosso trabalho é uma busca constante por soluções construtivas para todos os atores que nos acompanham nessa jornada do café, sempre pensando em uma comunicação mais transparente e assertiva”, diz Amado.

Com o AAA, a companhia pretende impactar mais de 10 mil pessoas que atuam direta ou indiretamente no campo orientando-os sobre medidas preventivas.

O médico Irineu Massaia, Infectologista e Vice-Reitor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, ressalta a importância da prevenção no período de colheita. “Equipamentos de proteção adequados, higienização das mãos com frequência e distanciamento devido devem ser rigorosamente seguidos. As práticas preventivas no campo são extremamente importantes para conter a disseminação do vírus. Quanto mais nos prevenirmos, mais rapidamente passaremos por isso”, afirma o especialista.

In this article

Join the Conversation