Cinco cirurgias plásticas mais feitas no mundo! - TOPVIEW

Você sabe quais são as cinco cirurgias plásticas mais feitas no país?

A segurança é primordial em qualquer procedimento estético

884 0
Compartilhe
Cinco cirurgias plásticas

O país tem ocupado o segundo lugar no ranking de cirurgias plásticas do mundo, campo que representa expansão tanto na estética quanto na reparação. Os avanços científicos e as múltiplas opções para tais procedimentos são fatores que contribuem para a crescente. Arnaldo Korn, diretor do Centro Nacional — Cirurgia Plástica, aponta que os procedimentos mais procurados são:

1 – Aumento de mama: no topo, a cirurgia mais procurada é a de aumento do tamanho dos seios. Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), só em 2016 esse procedimento representou 19% de todos feitos no país, chegando a 288.597. Essa cirurgia pode durar de uma a duas horas. A internação é de 12h, com alta no mesmo dia.

2 – Lipoaspiração ou lipoescultura: o procedimento, voltado a remover excessos de gordura no corpo e remodelar áreas específicas, é a segunda cirurgia mais feita no país. O tempo de duração depende da área a ser aspirada, mas, em média, leva de três a quatro horas.

3 – Cirurgia das pálpebras ou blefaroplastia: consiste na correção de defeito na pálpebra. Foi realizada 136.936 vezes apenas em 2016, aponta o senso da SBCP. Dependendo do caso, esse procedimento pode ser mais prolongado, porém a média é de 90 minutos.

4 – Rinoplastia: o procedimento destinado à correção estética do nariz, seja para aumentar, diminuir, dar projeção à ponta, afinar as asas nasais, entre outros, também ocupa espaço nesse ranking. Para a correção do nariz, o tempo de cirurgia fica entre uma e duas horas, além de até 72 horas com tamponamento nasal.

5 – Abdominoplastia: é uma cirurgia procurada por quem visa um abdome mais liso e silhueta mais definida, ocupando o quinto lugar entre as mais feitas do país. O procedimento leva de 90 a 120 minutos, com o período de internação com evolução normal de um a dois dias.

Os números de um procedimento para outro não ficam muito distantes. A cirurgia plástica é permitida, porém o paciente deve priorizar sua segurança e não optar pelo que é apenas barato. Se a dificuldade for o valor, hoje existe a assessoria administrativa, que oferece crédito com condições especiais de pagamento, como o Centro Nacional — Cirurgia Plástica. Se não houver qualidade, não há como garantir todo o processo de forma correta. “Não se pode pagar barato por um procedimento que também envolve a saúde”, analisa o Korn. É preciso pesquisar, saber o que está sendo envolvido e procurar outros meios.

Leia mais:

Em busca da selfie perfeita? Adolescentes aumentam a procura por cirurgias plásticas no nariz

Deixa acontecer! Cirurgia plástica pode deixar os sinais de envelhecimento mais suaves

Neste Artigo


Converse com a Gente