Veg e Lev Curitiba tem tecnologia a favor do tempo (e da fome!). Conheça!

Tecnologia a favor do tempo (e da fome!): dá pra pedir e pagar pela refeição por meio do Facebook!

O Veg e Lev Curitiba é o primeiro restaurante do Brasil (!!!) a experimentar a plataforma de pedidos pelo Facebook que agiliza MUITO as refeições

2367 0
Compartilhe
veg e lev curitiba

De segunda a sexta-feira, o tempo de almoço do trabalhador brasileiro é, em média, de uma hora a uma hora e meia. Neste curto período, além de almoçar, é o momento de ir ao banco, pagar as contas, levar o filho na escola, ir ao mercado, e se virar em mil para fazer tudo em tempo. Se identificou com essa rotina?

Com o objetivo de otimizar esse tempo, o Veg e Lev Curitiba passa a contar com uma plataforma de pedidos pelo Facebook, desenvolvida em primeira mão pela startup curitibana Realize. A expectativa do restaurante com a novidade é aumentar em 50% o número de vendas. Afinal, no restaurante, além do deslocamento, as filas e a espera pelo prato toma, em média, de 15 minutos a meia hora, dependendo do movimento.

“Nossa tecnologia une a inteligência artificial com a inteligência humana, para que a experiência do consumidor seja melhor, proporcionando praticidade, agilidade e conveniência, além da economia de tempo. Tudo isso possibilita o potencial do nosso cliente em aumentar a eficiência de atendimento e produção, maximizando o aproveitamento da infraestrutura já instalada e equipe”, afirma o diretor da Realize, Victor Hugo Domingues.

Nós testamos a novidade esses dias e nos impressionamos com a precisão com que o Alfredo – nome dado ao “atendente virtual” – oferece as sugestões, sempre acompanhadas de fotos lindas e descritivo completo.

Como funciona? 

Por meio do Messenger do Facebook, o cliente conversa com o Alfredo – basta mandar um “Oi!” – e realiza o pedido, que pode ser consumido no próprio estabelecimento ou levado para viagem – a plataforma (ainda) não contempla delivery. Porém, segundo Almiro Neto, um dos sócios do Veg e Lev, em breve deve ser conectada ao James Delivery.

Ao abrir o chat, é tudo muito autoexplicativo: dá para escolher o prato, fazer alterações nele, solicitar bebida, sobremesa e finalizar o pagamento por ali mesmo, pelo Pag Seguro. Todo processo leva de dois a três minutos e, quando o consumidor chegar ao restaurante, seu pedido já estará pronto para o consumo – o aplicativo inclusive avisa o momento da retirada direto no balcão.

Importante frisar que os pedidos feitos com a plataforma não furam fila, eles são expedidos por ordem de chegada. Ou seja, o cliente que estiver na fila presencial no restaurante não será prejudicado. “Criamos esse diferencial para agilizar o processo de quem está a caminho do restaurante. Se ele pedir depois de quem já estiver finalizando o pagamento no local, será entregue depois”, diz Almiro.  

O “Alfredo” está disponível, por enquanto, somente na unidade do Pátio Batel. Os pedidos podem ser realizados a qualquer momento, de segunda a segunda, enquanto o restaurante estiver aberto.

Neste Artigo

Converse com a Gente