O Vale da Música levou um jazz incrível ao PPT2018

SIM! O incrível palco flutuante do Vale da Música estava no PPT!

O Boldrini Quartet foi o responsável por levar muito jazz ao PPT2018 em uma apresentação incrível no palco flutuante localizado no lago da Ópera de Arame

814 0
Compartilhe

Em meio aos grandiosos shows que acontecem na Pedreira Paulo Leminski, a vizinha Ópera de Arame ganhou um pequeno (fisicamente falando) projeto, mas de muito impacto. Conhecido como Vale da Música, a ação busca levar cultura e muita música para quem visita um dos pontos turísticos de Curitiba. E mais! A música vem de um lugar inusitado: um palco flutuante no meio do lago do teatro. “A Ópera de Arame, um espaço que historicamente recebe grandes espetáculos, agora terá um calendário diurno de música e arte. Será uma referência no país que irá impactar no turismo e, principalmente, na relação dos próprios curitibanos com a Ópera”, Hélio Pimentel, vice-presidente de Operações do Parque das Pedreiras.

E é claro que esse belíssimo projeto não poderia ficar de fora do Prêmio Personalidades TOPVIEW | Grupo RIC 2018, né? Enquanto quem queria aproveitar a festa curtia o som do DJ Pedro Soares, quem queria desfrutar da Ópera de Arame poderia ouvir um delicioso show de jazz. O Boldrini Quartet foi o responsável por criar um ambiente sonoro único e deixar a festa ainda mais especial.

Os shows, que normalmente se encerram às 18h, foram apresentados em horário especial para a nossa festa. E a música, que já consegue deixar o ambiente ainda mais agradável, ganhou um visual diferente e pouco visto: sob a luz do luar. Incrível!

Para quem quer aproveitar o shows durante o dia, o Vale da Música conta com apresentações de terça a domingo das 10h às 18h.

Neste Artigo


Converse com a Gente