Artigo: a saúde nos dias frios - previna-se contra as doenças de inverno

Artigo: a saúde nos dias frios

Previna-se contra algumas das principais doenças de inverno. O artigo é de Francisco Polanski Cordeiro (CRM-PR 20.465), otorrinolaringologista e diretor clínico do Hospital São Lucas

Compartilhe

Com a queda das temperaturas típicas do nosso estado, o aumento das aglomerações de pessoas e a diminuição da circulação de ar nos ambientes fechados, a incidência de doenças comuns dessa época do ano aumentam significativamente. Saiba o que pode ser feito para evitar as principais:

Resfriado: assemelha-se à gripe, porém com sintomas mais leves. Obstrução nasal, dor de garganta, coriza clara, febre baixa e discreto mal-estar são manifestações comuns. Não há vacina para o resfriado. Aumento da ingestão de água, lavagem das mãos com aplicação de álcool gel e uso de sintomáticos quando necessário fazem parte do tratamento padrão.

Gripe: é causada pelo vírus Influenza e seus subtipos. Causa febre alta de início súbito, mal-estar intenso, tosse e dores no corpo. A prevenção é realizada pelo uso de vacina específica, aplicada anualmente com as novas cepas de vírus. A gripe é potencialmente fatal, principalmente em crianças, idosos e pacientes com doenças crônicas. A medicação específica deve ser iniciada logo no início dos sintomas.

Pneumonia: é uma infecção aguda dos pulmões. Algumas vezes. pode aparecer como uma complicação de uma gripe ou resfriado. Causa tosse, dor torácica, febre e falta de ar. Há vacinas específicas extremamente eficazes disponíveis. O tratamento deve ser precoce.

Rinite: inflamação da mucosa que reveste o nariz. Tem habitualmente causa alérgica e é desencadeada pela inalação de ácaros, gramíneas, pelos de animais ou poeira. Causa coceira, espirros, diminuição do olfato e dificuldade para respirar pelo nariz. O tratamento é medicamentoso e sugere-se o controle do ambiente para evitar o contato com os alérgenos.

Sinusite: comumente encontrada junto com a rinite, a sinusite é uma infecção nos seios da face – cavidades ósseas presentes dentro do crânio. Pode causar dor de cabeça, diminuição do olfato com a obstrução nasal e drenagem de secreção pelo nariz e garganta. Quando há suspeita de doença causada por bactérias, o uso de antibiótico é indicado.

Otite: muito comum em crianças. Os pacientes relatam diminuição da audição e dor no ouvido acometido. Pode-se apresentar como a evolução de um quadro de gripe ou resfriado. O diagnóstico precoce é importante para evitar complicações. Boa alimentação, hidratação adequada, manutenção dos hábitos de higiene (principalmente lavagem das mãos com frequência) e a ventilação dos ambientes diminuem muito a incidência dessas doenças Evite a automedicação. Caso haja algum sintoma ou suspeita o médico deverá ser consultado para definir a melhor conduta em cada caso.

In this article

Join the Conversation