Canudinhos plásticos x meio ambiente: você precisa entender essa briga!

Canudinhos plásticos x meio ambiente: a batalha começou e você precisa entender essa briga!

Seguindo uma tendência mundial, bares e restaurantes de Curitiba começam a repensar (e até banir!) o uso de canudinhos plásticos. Vem saber mais da polêmica!

2908 0
Compartilhe

Durante muito tempo, usamos os canudos plásticos quase sem nos darmos conta. Nos últimos anos, porém, eles se tornaram alvo de uma campanha mundial de preservação ambiental: embora possua vida útil de apenas alguns minutos, os canudinhos plásticos podem levar mais de 100 anos para se decompor no meio ambiente.

E essa campanha já está presente em Curitiba: o Cosmos G/astrobar acaba de suspender seu uso, optando por versões em papel. Jana Santos, sócia do bar, estima que, até então, o Cosmos utilizava cerca de três mil canudos de plástico por mês. “Sabemos que mudar um hábito leva tempo, mas não poderíamos também deixar de pensar no que estamos deixando para o universo”, ressaltou ela sobre a ação em uma postagem no Facebook (veja abaixo). Jana ainda recicla o óleo de cozinha, tem uma horta caseira onde planta hortaliças usadas nos drinques (no futuro, a empresária pretende plantar tudo o que é consumido no bar) e tenta diminuir o uso de copos plásticos.

O restaurante vegano Veg Veg também está substituindo os canudos de plástico – gradativamente, pelos de inox. “Percebi que temos que educar os consumidores”, destaca Carol Ferreira, proprietária do restaurante. “Nós oferecemos as duas opções, mas explicamos por que o de plástico é tão prejudicial.”

Já o bartender Rogério Rabbit, criador da antiga sala de drinques Tapii’Tea, os aboliu de vez. “Não precisamos dos canudos, são só acessórios”, observa Rabbit sobre sua utilidade.

Grandes marcas e grupos de destilados estão lançando campanhas incentivando o fim do uso dos canudos, banindo-os de campeonatos patrocinados ou mesmo de propagandas.

No resto do mundo

Somente nos Estados Unidos, estima-se que 500 milhões desses utensílios sejam usados por dia. Os altos números são um dos motivos que levaram à criação de campanhas como The Last Plastic Straw, que chama a atenção para esse hábito e educa quanto ao uso prejudicial dos canudos.

Grandes marcas e grupos de destilados, como Bacardi, Pernod Ricard e Diageo, também estão lançando campanhas incentivando o fim do uso dos canudos, banindo-os de campeonatos patrocinados ou mesmo de propagandas. E governos começam a adotar medidas para proteger o meio ambiente desse “novo” vilão: no início deste ano, o Parlamento Escocês decidiu banir seu uso até 2019. E você, qual a sua opinião sobre o assunto?

Neste Artigo

Converse com a Gente