Artigo: Elevada do consumo digital já mostra novas tendências - TOPVIEW

Artigo: Elevada do consumo digital já mostra novas tendências de negócios

Se o consumo e a produção de produtos e serviços vão obrigatoriamente impulsionar ao hábito das relações digitais, em 2021 o mercado terá os melhores profissionais já atuando...

26 0
Compartilhe

É manchete nesta semana: Google, Facebook e XP Investimentos vão manter opção de trabalho home office no pós-pandemia. O modo de trabalho e de negociar produtos e serviços está em mudança acelerada na mesma velocidade dos prejuízos econômicos que alastram o mercado nacional. São perdas mercadológicas, de um lado, e oportunidades, de outro. O que vale agora é a máxima de que, na crise, gestor: “cri$e”.

Menor produção, menor crescimento econômico… Se profissionais estão em casa baixando a produtividade da indústria do consumo, o desespero deprime a sociedade junto com o desemprego. Fica, logo, o aprendizado das modernas literaturas de Administração e Recursos Humanos já aplicados por profissionais e líderes inovadores que estão testando e validando a gestão humanizada calcada em resultados de produtividade no lugar de tempo comprado por produção.

O Covid-19 está proporcionando um “sacode” em todas as áreas sociais, políticas e econômicas. Gestores vão, sim ou sim, aderir às mudanças para sobreviverem. Quanto mais rápido melhor!

Se o consumo e a produção de produtos e serviços vão obrigatoriamente impulsionar ao hábito das relações digitais – durante um ano inteiro – significa que em 2021 o mercado terá os melhores profissionais já atuando na cultura home office com a difícil possibilidade de que no futuro abram mão deste meio de trabalho. Inevitável é que o formato da entrega de resultados mudou drasticamente de janeiro para cá e vai ficar.

Acompanhe: pesquisa do Mercado Live registra um comportamento de compra dos brasileiros no site 29% superior, neste momento, em relação a igual período do ano passado. Também revela que 7 em cada 10 brasileiros que entraram no ambiente de compra online neste período de Covid-19 seguirão com os hábitos no pós-pandemia.

*Escrito por Aline Wolff, especialista em marketing e imprensa.

In this article

Join the Conversation