Aprenda como se comportar nas videoconferências durante a pandemia - TOPVIEW

Aprenda como se comportar nas videoconferências durante a pandemia

Especialista dá dicas para quem tem receio de falar em frente às câmeras

Compartilhe

A videoconferência ganhou ainda mais destaque com a pandemia. Muitas empresas modificaram o jeito de trabalhar e adotaram o home office e, por conta disso, as reuniões e entrevistas online se tornaram cada vez mais constantes. Assim surge a dúvida: como se comportar na chamada de vídeo em casa? Muita gente tem receio de falar em frente às câmeras. Para ajudar as pessoas que têm esse problema, a idealizadora do Clube da Fala e fonoaudióloga, Laila Wajntraub, explica como devemos agir neste momento. Confira as dicas da especialista: 

Escreva as ideias em um papel (para treinar antes)

É de extrema importância adotar técnicas que ajudem a melhorar a desenvoltura em frente às câmeras e escrever o que será falado pode ser de grande ajuda para organizar o pensamento e todo o conteúdo que será falado, separe por temas e buscas por palavras-chave. 

Cuide da aparência

Vista-se de maneira confortável, tenha cuidado acessórios extravagantes e com a maquiagem pesada, os cabelos precisam estar bem penteados e a barba aparada. Lembre-se que o seu vídeo pode ser visualizado por muitas pessoas e a sua aparência pode afetar positiva ou negativamente.

Atente-se à postura

Preste bastante atenção na postura, independente de gravar o vídeo sentado ou em pé, os ombros devem estar alinhados e a coluna ereta e a cabeça não deve fica nem muito para trás e nem para frente. Evite gesticular muito, balançar demais a cabeça ou mexer nos cabelos todo o tempo, pois esses movimentos desviam a atenção do espectador.

Melhore o enquadramento

Ninguém gosta de assistir vídeos desalinhados ou tortos, faça testes para estabelecer o melhor posicionamento. Para quem precisar utilizar um flipchart posicione a câmera mais na lateral para dar espaço para acrescentar as informações que deseja.

Não olhe para baixo

Olhar para baixo ou para os lados são ações prejudiciais para obter uma conexão com o seu público, quando você desvia o olhar as chances de perder a confiança das pessoas é grande, além de demonstrar falta de domínio no assunto falado.

Fixe o olhar

Fixando o seu olhar para a lente da câmera dá impressão de que você olha nos olhos do espectador. O ideal é desviar o olhar apenas para fazer algo explicativo e quando quiser chamar a atenção novamente, fixe o olhar. Vale lembrar, você deve olhar para a lente, nunca para a tela.

Controle o tom de voz

Fale da maneira em que está acostumado a falar, adequando o tom de voz ao volume do vídeo, não “crie” uma voz nova para impressionar. Não grite ou fale com pressa ou seja agitado, as palavras devem ser ditas de forma clara e objetiva. Fale com energia e dê ênfase para os tópicos importantes da sua fala, para que o espectador não fique entediado e pare de assisti-lo.

Seja o mais natural possível

A naturalidade precisa ser passada pelas câmeras, não seja “robótico” ou faça leituras de roteiros, seja você mesmo, se inspire em outros profissionais, mas passe o seu conteúdo e do seu jeito.

In this article

Join the Conversation