É preciso se reinventar! - TOPVIEW

É preciso se reinventar!

A indústria da beleza e os usuários comuns adaptaram se ao isolamento social e, agora, ditam as novas regras do setor – principalmente no universo digital

Compartilhe

Desde que o período de isolamento social começou, observamos um aumento na produção de conteúdo digital em geral. No mundo da beleza, não foi diferente. É normal, por exemplo, abrirmos as redes sociais e vermos os amigos publicando suas novas habilidades ou cumprindo alguns desafios que viralizam em grandes perfis. E isso nos mostra que, sim, é possível se colocar à prova e testar técnicas que, antes, poderiam parecer profissionais demais e, por isso, muito difíceis.

Há, também, o lado da indústria que se adapta e cresce com a tecnologia. Um exemplo interessante é o TikTok, que já conta com mais de um bilhão de usuários no mundo. Quem se aventura nesse universo de vídeos curtos e divertidos pode encontrar dicas de produtos e tutoriais de make incríveis! O mais interessante é que não é necessário perder meia hora do nosso dia nesse passo a passo e, ainda assim, obter um resultado muito satisfatório.

Outro fator importante quando se fala dessa rede social são os negócios. Segundo sites especializados, eles cresceram exponencialmente, com as marcas sendo vistas milhares de vezes no rosto de influencers globais.
Inclusive, segundo o Glossy, a Amazon registrou um aumento de vendas no setor de beleza por meio do TikTok, mesmo com a pandemia do coronavírus. O principal público atingido, nesse caso, é a geração Z.
Esse público também reforça a necessidade de atenção às plataformas digitais tradicionais, que deixaram de
ser usadas somente por criadores de conteúdo amadores e são, cada vez mais, fontes de inspiração para técnicas, até então, exclusivas de profissionais da área de beauty.

Por fim, destaco as mudanças na indústria em si, que passará a usar a tecnologia ainda mais a seu favor. Um
exemplo é a substituição de testadores convencionais pelo uso de realidade virtual nos clientes, que não precisarão sair de suas casas para ver se o produto combina com seu rosto. Além disso, as aulas de maquiagem
também poderão ser feitas a distância com maior frequência, mesmo depois do fim da quarentena. É preciso
se reinventar!

*Coluna originalmente publicada na edição #237 da revista TOPVIEW.

In this article

Join the Conversation