Você conhece o chá de hibisco? - TOPVIEW

Você conhece o chá de hibisco?

A flor proporciona vários benefícios e pode ser utilizada em receitas

Compartilhe

Algumas famosas são adeptas do consumo de chá de hibisco por vários motivos, entre eles, amenizar a retenção de líquido, os sintomas da TPM e para emagrecer. Original da África e Ásia, o hibisco foi trazido pelos escravos para o Brasil. A flor pode ser encontrada em várias regiões do país, principalmente no Nordeste. Na Europa ficou conhecido no século XX, e o item está presente na maioria dos chás aromáticos.

Preparada com o cálice do botão seco da flor chamada de Hibiscus sabdariffa, que também é comestível e pode ser utilizada para preparação de pratos (não é aquela encontrada em jardins), a bebida conta com diversas substâncias antioxidantes, como os flavonoides, especialmente as antocianinas, que possuem efeito cardioprotetor e vasodilatador. Por esses resultados, pode ajudar a melhorar a imunidade, a saúde do coração, a controlar a pressão arterial e o perfil lipídico, tem efeito hepatoprotetor e melhora a perfusão sanguínea.

“Não há evidências científicas que o consumo de chá de hibisco ajuda no emagrecimento. A união de boa alimentação, bons hábitos e consumo adequado do chá, pode contribuir nessa jornada. A flor possui ação diurética, uma aliada valiosa para diminuir a retenção, que, de forma indireta, contribui na redução do peso corporal. Estudos mostram que o flavonoide quercetina presente na bebida é um dos nutrientes que ajudam a proporcionar esta ação. Outras pesquisas citam que o chá de hibisco é capaz de reduzir a adipogênese, ou seja, inibe que células pré-adipócitas se convertam em adipócitos maduros. E quanto menos adipócitos, menos gordura corporal”, esclarece Daniela Lasman, nutricionista da Bodytech Iguatemi São Paulo.

Dica da especialista: uma dose segura é de até 500 ml por dia; e é importante variar os tipos de chá, já que o consumo crônico de algumas ervas pode levar a efeitos adversos que vão desde eliminação excessiva de sais minerais até alteração hormonal. O ideal é consumir a bebida sem utilizar açúcar ou adoçante, pois, mesmo não somando calorias, o adoçante pode prejudicar o objetivo por conta de sua composição (pensando nos edulcorantes artificiais) e pelo fato do seu consumo, ao longo do dia, aumentar a absorção de carboidrato pelo organismo. Dê preferência à flor in natura para usufruir de todos os benefícios proporcionados pelo chá.

Como fazer: coloque a água para ferver; quando começarem a aparecer as primeiras bolhas, desligue e acrescente uma colher de sopa da erva. Deixe abafando por 10 minutos, coe e está pronto. Compre o chá num local de confiança e deixe bem armazenado em pote de vidro fechado, em local seco e arejado.

Suchá de hibisco com morangos
209ml de chá de hibisco pronto, três morangos picados em rodelas, suco de meio limão, adoçante (Stevia ou Eritritol – opcional) e gelo.

Preparo
Acrescente todos os ingredientes no chá de hibisco e se delicie. Consuma gelado. Se gostar, é possível incluir folhinhas de hortelã ou raspas de gengibre. Pode substituir os morangos por uvas sem sementes ou uma fatia fina de abacaxi em pedaços.

In this article

Join the Conversation