Mostra 3M de Arte prorroga edital para artistas de todo o país! - TOPVIEW

MAIS UMA CHANCE: Mostra 3M de Arte prorroga edital que escolhe os artistas da 9ª edição!

. Cinco artistas serão selecionados pela curadoria

Compartilhe

Com o intuito de democratizar o acesso à arte, impulsionar a produção artística nacional e gerar reflexões sobre temas contemporâneos relevantes, a 9ª Mostra 3M de Arte abre edital para que artistas de todo o país possam participar, incluindo estrangeiros residentes no Brasil há mais de dois anos e brasileiros que moram em outro país. As inscrições, que podem ser feitas pelo site, foram prorrogadas até 7 de julho. Cinco artistas serão selecionados.

Sob o tema “Manifestos por outros mundos possíveis”, quem assina a curadoria deste ano é o artista Daniel Lima, bacharel em Artes Plásticas, Mestre em Psicologia e Doutorando em Meio e Processos Audiovisuais pela Universidade de São Paulo. Desde 2001, ele cria investigações-ações em pesquisas relacionadas a mídia, questões raciais, resistências coletivas, presente colonial e análises geopolíticas. O conceito definido por ele discute estética e proposição de ações para um mundo melhor e possível, que aceite e englobe as diferenças, sejam elas quais forem. Esse manifesto constrói novas perspectivas de existências e leva à reflexão. A ideia é dar voz e contemplar pessoas que encorajam e têm uma luta de afirmação de grupos que são minorizados, além de propor a ocupação do espaço público.

Para auxiliar na escolha dos cinco selecionados, foram designados jurados que estivessem, de alguma forma, conectados ao tema: Ana HikariAdriana BarbosaVera PallaminFelipe Brait e Amara Moira

A 9ª Mostra 3M de Arte acontece, gratuitamente, em outubro desse ano e ocupará, pelo terceiro ano consecutivo, o Largo da Batata. Localizado na zona oeste da capital, pertence a uma área revitalizada que integra o esforço da sociedade civil para transformar a cidade em um espaço de convívio e ocupação por parte da população. Com circulação diária de aproximadamente 150 mil pessoas, o espaço, que recebe a mostra tornou-se um símbolo de resistência pública abrigando ocupações, manifestações políticas, blocos de Carnaval e atividades de lazer e entretenimento cotidiano de paulistanos de todas as idades e classes sociais.

Leia mais:

A arte encontra o entorno: Marcos Bertoldi apresenta Marcus André

O incrível artista Houssein Jarouche expõe em Nova Iorque

In this article

Join the Conversation