12 festivais alternativos no Brasil e no mundo para curtir em 2019

Na vibe Burning Man, reunimos 12 festivais alternativos para curtir em 2019

Com destaque para a versão brasileira do Burning Man, essa lista reúne os eventos mais coloridos, alto astral e experienciais de todo o globo 

Compartilhe

Finalmente chegou a sua vez de tirar as fantasias e a criatividade do armário e se juntar à galera alternativa – incluindo um time fiel de celebrities – que todos os anos faz inveja no Instagram. Com o anúncio do Tropical Burn – a versão brasileira do Burning Man, o maior evento de cultura alternativa do planeta -, passagens para o Rio Grande do Norte nunca foram tão procuradas. O evento acontece de 20 a 24 de junho e as coordenadas do local ainda serão divulgadas. Enquanto isso não acontece, vale ficar de olho em eventos tão incríveis quanto, no Brasil e no mundo, que carregam esse espírito colorido, alto astral e experiencial. 

Veja também: Quase uma semana depois, decoração da TribalTech 2018 ainda dá o que falar! 

No Brasil

Universo Paralello – Ituberá, Bahia

A edição desse ano do famoso festival que mistura paz, amor, união e respeito é mais que especial: vai celebrar os 20 anos da existência do Universo Paralello, um evento que nasceu nas montanhas da Chapada dos Veadeiros. De acordo com um dos produtores do UP, Felipe Cintra, o processo de criação e brainstorming dos temas das cenografias para as pistas já estão em desenvolvimento. A venda de ingressos está paralisada e deve voltar em março.

Quando: entre 27 de dezembro a 3 de janeiro de 2020.

Tropical Burn – Rio Grande do Norte

A versão brasileira do festival estadunidense será realizada – pela primeira vez! – em uma praia. Por quatro dias, esse lugar – a ser definido – se transformará na cidade temporária da arte, acampamentos temáticos, fantasias, música e performances! Para participar você precisa, além do ingresso, se enquadrar em uma dessas três “categorias”: arte (alô artistas, é a hora de criar um projeto incrível e apresentá-lo; não é artista? Vale escolher um projeto para apoiar); camp (todas as tribos são bem-vindas, mas é imprescindível fazer parte de um dos acampamentos); ou voluntário. Mais informações aqui.

Quando: de 20 a 24 de junho.

No mundo

Astropolis – Brest, França

Antes de comemorar 25 anos em julho, Astropolis volta para aquecer o inverno com uma semana de explosões sonoras e descobertas eletrônicas em sua 8ª edição de inverno! Pistas de dança em êxtase, performances, oficinas, encontros criativos… O festival, que acontece entre 5 e 10 de fevereiro, vai soprar de novo sua generosa bolha de compartilhamento, dança, prazer e reflexões em torno das culturas eletrônicas! Já a festa oficial acontece em julho. Na edição do ano passado figuraram nomes como Nina Kraviz, Agoria, Laurent Garnier, Dax J, Modeselektor, Avalon Emerson, Moxie, Manu Le Malin, Ancient Methods, Not Waving, DJ Substance, Elisa Do Brasil, Sonic Crew e Otto Von Schirach.

Quando: de 5 a 8 de julho.

Burning Man – Nevada, Estados Unidos

 
 
 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Somewhere over the rainbow ✨?✨ #burningman ? by @raul

Uma publicação compartilhada por Alessandra Ambrosio (@alessandraambrosio) em

Uma vez por ano, milhares de pessoas do mundo inteiro se reúnem no Deserto de Back Rock. Quem já foi, garante: o Burning Man não é um evento comum. Na edição deste ano o tema é Metamorphoses. Assim como em outros anos, o “festival” tem como missão criar, nutrir e proteger a comunidade e estimular a conexão de indivíduos diferentes por meio do poder criativo. Há performances artísticas, acampamento, voluntariado… Em 2018, os ingressos custavam entre $ 990 e $1.200 (mais taxas). Os valores de 2019 ainda não foram divulgados.

Quando: de 25 de agosto a 2 de setembro.

Coachella – Califórnia, Estados Unidos

 
 
 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.
 
 
 
 
 
 
 
 
 

M A G I A @coachella

Uma publicação compartilhada por Thaila Ayala (@thailaayala) em

Outro impressionante festival de música e arte do mundo, que costuma trazer grandes nomes do pop, rock e dance em apresentações no meio do deserto trará, nesta edição, Childish Gambino, Tame Impala e Ariana Grande como headliners. Outros nomes confirmados são Kacey Musgraves, The Interrupters, Janelle Monáe, The 1975, Rosalía, Christine and the Queens, Pusha T, Weezer, Mac DeMarco, CHVRCHES e Four Tet. Há ingressos disponíveis a partir de $429.

Quando: em dois finais de semana entre os dias 12 e 14 de abril e 19 e 21 do mesmo mês.

DGTL – Amsterdã, Holanda

Um festival cheio de inspiração e surpresas. Sintetizadores melódicos, com um toque de bateria vintage e outro de batidas funky. Assim podemos definir a DGTL. O evento já foi realizado, também, em Santiago, São Paulo, Barcelona, Tel Aviv e Madrid. Recentemente, ganhou o prêmio “Outstanding” no Greener Festival Awards – uma ONG que ajuda festivais e eventos em todo o mundo a reduzir seu impacto ambiental. Desde 2016, por exemplo, a DGTL está isenta de carne. O line-up completo você encontra aqui. Ingressos a partir de € 28.

Quando: de 19 a 21 de abril.

Estéreo Picnic – Bogotá, Colômbia

The Prodigy é uma das atrações do Estéreo Picnic

Na 10ª edição, o Estéreo Picnic – considerado o maior, mais selvagem e melhor festival da Colômbia -, trará como headliners Arctic Monkeys, Kendrick Lamar, Twenty Øne Piløts, Sam Smith e The Prodigy. Junto a eles devem se apresentar Tiësto, Disclosure (Dj Set), The 1975, Interpol, Odesza, Grupo Niche, Years&Years, St.Vincent, Portugal.The Man, Rhye, Dj Koze e muitos outros nomes.. Eles sempre tiveram uma formação impressionante, uma atmosfera matadora e uma excelente produção. Mais informações, inclusive sobre valores de ingressos, neste link.

Quando: 5, 6 e 7 de abril.

Holi – Índia

Um dos principais festivais da Índia, o Holi é comemorado anualmente em diferentes datas, sempre no final dos invernos no mês de março após a lua cheia. Também chamado “festival do amor” (já que neste dia as pessoas se unem, esquecendo todos os ressentimentos e todos os tipos de sentimentos ruins), o festival das cores é comemorado em quase todas as partes do país com alegria e entusiasmo. O ritual começa por iluminar a fogueira um dia antes do dia de Holi, simbolizando o triunfo do bem sobre o mal. No dia de Holi, as pessoas brincam com cores com seus amigos e familiares.

Quando: 20 e 21 de março.

HORST – Holsbeek, Bélgica

Com data ainda a ser anunciada, o festival alternativo de música eletrônica e artes visuais acontece em um cenário deslumbrante: um castelo do século 15. Terá como foco a temporalidade e o espaço, reunindo e criando um diálogo entre o tempo e o espaço. Na música, uma linha de artistas visionários focados em música progressiva, eletrônico, house e techno. 

Quando: data não definida

Peacock Society – Paris, França

 
 
 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Caption this ? Pic by @across_mysight

Uma publicação compartilhada por THE PEACOCK SOCIETY (@thepeacocksociety) em

Após várias edições, a The Peacock Society 2019 trará mais uma vez, no Parc Floral, um show responsivo audiovisual em três pistas de dança. Nas luzes e cenografias da festa, que acontece no verão europeu, a tecnologia gráfica e sensual de Superbien e All Access Design, verdadeiros gênios quando falamos de show de luzes. Quem já foi diz que esta se tornou uma das melhores experiências no circuito internacional de festivais.

Quando: 5 e 6 de julho.

Pitch Music & Arts – Victoria, Austrália

 
 
 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.
 
 
 
 
 
 
 
 
 

People of Pitch

Uma publicação compartilhada por Pitch Music & Arts (@pitchmusicandarts) em

Descrito com adjetivos como “tropical-bruto” e “neotérico”, o Pitch Music & Arts é o mais novo festival alternativo a se juntar à cena de festivais “hippies-chic” de Victoria e acontece em uma bela paisagem: a cordilheira dos Grampians.

Quando: 8 a 11 de março.

Strange Sounds from Beyond – Amsterdã, Holanda

Dos mesmos criados de Outsiders Festival, da Red Light Radio e do The Rest Is Noise, este festival é obrigatório para fãs de música alternativa globetrotting. Com a música em primeiro plano, o festival é descrito em portais internacionais como “uma experiência cultural bizarra e bonita”. Vai acontecer durante todo um dia durante o verão europeu. Sem data definida ainda.

Quando: durante o verão europeu.

In this article

Join the Conversation