A longevidade do vinho - TOPVIEW

A longevidade do vinho

Vários fatores determinam o tempo de vida do vinho e, por isso, nem todos foram elaborados para envelhecer

0
Compartilhe
longevidade

Diz a sabedoria popular que, quanto mais velho o vinho, melhor ele é, mas essa falácia — que, com certeza, todo apreciador de vinhos já ouviu — está longe de ser uma verdade absoluta. Nem todo vinho foi elaborado para envelhecer. Cada vinho, de acordo com o seu estilo, tem o seu próprio tempo de vida, determinado por diversos fatores. No entanto, podemos dizer que um fator em especial está diretamente ligado ao sucesso da sua longevidade: seu armazenamento.

O vinho é como uma pessoa e tem sua infância, juventude, maturidade e velhice. Consumi-lo antes da hora pode ser, muitas vezes, um infanticídio, assim como degustá-lo após o seu auge pode-se encontrá-lo em seu momento de decadência. A maneira como ele é armazenado ao longo dos anos vai impactar sua evolução em garrafa. Durante esse tempo, há uma evolução positiva de aromas e sabores, quando bem conservado. Passado esse tempo, o vinho começa a declinar em suas características até não ficar apropriado para o consumo.

O vinho é como uma pessoa e tem sua infância, juventude, maturidade e velhice.

Confira algumas dicas importantes para o seu vinho envelhecer com segurança.

Armazene o seu vinho na posição horizontal em um local fresco, com temperatura média entre 13 e 15°C. O ideal são adegas climatizadas. Há diversas opções com diferentes tamanhos e preços.

Evite a oscilação constante de temperatura. O vinho precisa de estabilidade de clima para envelhecer bem.

Escolha um local longe da iluminação direta. A iluminação excessiva é um dos perigos mais mortais para qualquer vinho.

Não deixe suas garrafas próximas a equipamentos que emanem calor, que trepidem ou que tenham fortes odores, como produtos de limpeza, pois eles podem contaminar o vinho.

Longevidade

Estimativa de guarda dos vinhos

ESPUMANTES
Sem safra
1 a 3 anos
Safrados
3 a 6 anos
Champagnes vintages
6 a 15 anos

VINHOS TINTOS
Jovens e frutados
1 a 3 anos
Barricados ou reserva
3 a 7 anos
Grandes tintos especiais
6 a 25 anos 

*Matéria originalmente publicada na edição #232 da revista TOPVIEW.

In this article


Join the Conversation