TOPVIEW

Met Gala 2022: curiosidades sobre o baile que talvez você não saiba

O tradicional baile de gala acontece nesta segunda-feira (2) com o tema 'In America: An Anthology of Fashion' (Na América: Uma Antologia da Moda); veja curiosidades sobre a história do Met Gala

Nesta segunda-feira (2) fashionistas de todo o mundo estarão com os olhos voltados à icônica escadaria do Metropolitan Museum of Art, em Nova York, para o Met Gala 2022. O evento, tradicional no calendário de moda desde 1948, tem como objetivo angariar fundos para o Museu Metropolitano de Arte em Nova York

 tema desta edição, In America: An Anthology of Fashion, é construído em torno dos princípios do estilo americano e celebra heróis desconhecidos do design dos EUA. Celebridades como Regina King Blake Lively, as anfitriãs da festa, passarão pelo tapete vermelho exibindo looks extravagantes e luxuosos desenvolvidos por grifes renomadas.

O evento marca a abertura da exposição anual de moda do Costume Institute. Confira 5 curiosidades sobre o Met Gala:

1 – Como tudo começou

Eleanor Lambert é o nome por trás da ideia de realizar um evento fashion nos EUA. A relações públicas teve papel fundamental nesta área e também idealizou a New York Fashion Week, o Conselho de Estilistas de Moda da América e a Lista Internacional dos Mais Bem Vestidos.

No entanto, a gala como se conhece hoje em dia é liderada por Anna Wintour, editora-chefe da revista Vogue americana, que trouxe os maiores nomes da moda para a festa, desde 1995.

Anna Wintour, de Oscar de la Renta (Foto: Getty Images)
Anna Wintour, de Oscar de la Renta (Foto: Getty Images)

2 – Escolha dos temas

Nos primeiros anos, as temáticas não eram tão particulares, e o tema moderno foi idealizado por Diana Vreeland, editora-chefe das duas maiores publicações editoriais do ramo: Vogue e Harper’s Bazaar, na década de 1970. Na ocasião, ela ficou conhecida como “a revolução do MET Gala” por sugerir temas exênticos como The Glory of Russian Costume – A Glória do Traje Russo (1976) e Vanity Fair – Feira da vaidade (1977). No entanto, em 1989 seu envolvimento com a gala chegou ao fim com sua morte.

A  partir daí, o crítico e curador e um dos principais historiadores da arte e da moda, Richard Martin assumiu o conselho da festa e trabalhou até sua morte em 1999, ajudando a criar algumas exposições ligadas aos temas da gala.

Em 1995, no entanto, Anna Wintour assumiu as funções de hospedagem para a arrecadação de fundos e dirigir a festa que inclui a função de escolher um tema. Segundo a Newsweek, todos os anos, ela elege parceiros que ficam responsáveis por organizar e fazer reuniões para contribuir com a realização da festa e a escolha de anfitriões.

3 – Afinal, o que acontece na festa?

Até hoje não se sabe exatamente o que acontece depois que as portas se fecham. Ainda é um segredo e é por esse motivo que os presentes são proibidos de usarem celulares e, consequentemente, as redes sociais. Especula-se que os convidados apreciam exposição no Museu Metropolitano de Arte em Nova York antes de se sentarem juntos para degustar o jantar.

Em 2017, Kylie Jenner driblou as normas do evento e posou para selfie no banheiro ao lado das irmãs Kendall Kim Kardashian e outras celebridades como Paris JacksonBrie Larson, o rapper P. Diddy, entre outros.

4 – Quem é convidado?

Geralmente, o evento recebe cerca de 600 pessoas, entre eles estão estilistas, modelos, atrizes, cantores e ícones da moda. Estrelas como Kim KardashianKylie JennerSarah Jessica ParkerLady GagaRihannaBlake Lively, Madonna e a brasileira Anitta já brilharam no tapete vermelho do evento.

Anitta no MET Gala EM 2021 (Foto: Getty Imagens)
Anitta no MET Gala em 2021 (Foto: Getty Imagens)

5 – O vestido da princesa

Os únicos membros da Família Real que já marcaram presença no MET Gala foram a Princesa Diana, em 1996, um ano antes de sua morte, e a Princesa Beatrice, em 2018.

Na ocasião, Diana usou um vestido de cetim azul marinho inspirado em lingerie. A peça causou polêmica uma vez que se pensava que ela deveria ter apostado em um look mais conservador. O responsável por vestir a princesa foi o estilista John Galliano, que o desenhou para a Dior.

Já Beatrice escolheu um vestido roxo longo da estilista italiana Alberta Ferretti.

Princesa Diana no MET Gala em 1996 (Foto: Getty Imagens)
Princesa Diana no MET Gala em 1996 (Foto: Getty Imagens)

(Via: Marie Clarie)

Deixe um comentário