As novidades tecnológicas que prometem revolucionar a saúde em 2019

Descubra as novidades tecnológicas que prometem revolucionar a saúde em 2019

Os aplicativos, recursos de inteligência artificial e robótica e outras novidades tecnológicas que estão por vir no setor da saúde

302 0
Compartilhe

Por Danielle Blaskievicz

 

Cirurgia robótica

A cirurgia robótica é uma das novidades tecnológicas está evoluindo desde 2003, quando a empresa americana Intuitive Surgical desenvolveu a plataforma Da Vinci, único sistema de cirurgia robótica minimamente invasiva certificado pela Administração para Alimentos e Drogas dos EUA (FDA). A partir de um console e com o auxílio de um visor com imagens tridimensionais, o cirurgião controla os braços do robô para realizar os procedimentos.

Plataforma Da Vinci: o equipamento de robótica para operações já é usado em Curitiba.

O médico Alexander Morrell, presidente da Sociedade Brasileira de Hérnia (SBH), é um dos profissionais brasileiros mais atuantes na cirurgia robótica. O Brasil conta atualmente com 46 robôs cirúrgicos Da Vinci. No Paraná, há um equipamento em operação, no Hospital Erasto Gaertner. strattner.com.br

Cadeira de rodas com reconhecimento facial

O Wheelie 7 é um programa de computador que reproduz expressões faciais em comandos para controlar uma cadeira de rodas sem exigir sensores corporais. Ele reconhece até nove expressões e essas informações se transformam em comandos para controlar cadeiras de rodas e proporcionar maior autonomia a pessoas com tetraplegia ou vítimas de doenças que restringem os movimentos corporais.

Wheelie 7: programa reproduz expressões faciais em comandos que controlam uma cadeira de rodas.

O Wheelie foi desenvolvido pela empresa brasileira Hoobox Robotics em parceria com a Intel. O equipamento já está sendo distribuído nos Estados Unidos e é disponibilizado pelo sistema de assinatura, com opções que variam de US$ 140 a US$ 300 mensais. No Brasil, a novidade tecnológica deve estar disponível a partir de 2020. Quem quiser entrar no cadastro de espera pode enviar um e-mail para team@hoo-box.com.

Roupas que aumentam a mobilidade

A Seismic, empresa que une a indústria têxtil e a robótica, desenvolveu um tipo de roupa que é capaz de estimular a força muscular de seu usuário. O material simula músculos elétricos que, integrados à roupa, agem como se fossem tendões no corpo humano. 

A roupa do futuro pode ser muito mais do que um acessório: ela pode estimular a força muscular de quem a usa.

Essa é uma das novidades tecnológicas que pode facilitar a vida de pessoas que perderam a capacidade muscular devido ao envelhecimento. O produto deve estar disponível no mercado europeu e norte-americano em 2019. “Nós vemos um futuro em que simplesmente se vestir de manhã pode melhorar drasticamente o estilo de vida das pessoas e expandir o que elas são capazes de realizar”, destaca o CEO e cofundador da Seismic, Rich Mahoney. myseismic.com
 

Robô Laura

A Robô Laura é uma tecnologia desenvolvida para ser implantada em hospitais para fazer o monitoramento dos sinais vitais dos pacientes internados. Recursos de inteligência artificial fazem o gerenciamento dos dados da rotina do hospital e emitem alertas à equipe de saúde. O robô identifica precocemente os riscos de infecção hospitalar, a sepse, que faz cerca de 6 milhões de vítimas todos os anos.

A iniciativa foi impulsionada por um drama pessoal vivido pelo hacker ativista curitibano Jacson Fressatto – vencedor do Prêmio Personalidades TOPVIEW na categoria Inovação –, que perdeu a filha recém-nascida em decorrência de uma infecção hospitalar. laura-br.com

 

Relógio com sensor cardíaco



O Apple Watch Series 4, o novo modelo do relógio da Apple, é o primeiro dispositivo móvel equipado com um sensor cardíaco. Além das funções já existentes nas versões anteriores, o novo modelo registra os batimentos cardíacos do usuário.

Caso o relógio identifique uma frequência muito alta ou baixa, ele emite um alerta ao usuário. Outra novidade é o sensor para detecção de quedas, serviço conveniente para pessoas com problemas de saúde ou idosos. O relógio pode, inclusive, ser configurado para acionar serviços de emergência médica. A partir de R$ 3.999. apple.com/br

Plataforma digital de autoavaliação mental

O Deprexis é uma plataforma digital que vem sendo usada em tratamentos de pacientes com depressão e outros problemas de saúde mental. A ferramenta já tem a aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), mas só pode ser usada com indicação médica, porque deve ser considerada um recurso auxiliar no tratamento terapêutico.

Ela ajuda o paciente a fazer autoavaliações em sessões que duram 30 minutos, duas vezes por semana. Para acessar a plataforma, é necessário indicar o CRM do profissional. O preço da licença do produto custa R$ 990 para o período de três meses. br.deprexis.com

Lipo HD

Lipoaspiração em alta definição realizada com o aparelho Vaser, que está em sua terceira geração. O equipamento usa novidades tecnológicas ultrassônicas para contorno corporal. A gordura é removida seletivamente sem afetar outras estruturas corporais, como vasos sanguíneos, nervos e tecido conjuntivo.
O cirurgião plástico Adel Bark Junior, precursor no procedimento em Curitiba, explica que o método foca exclusivamente na gordura localizada em áreas específicas do corpo. “As ondas ultrassônicas emulsificam as células de gordura, separando-as sem afetar tecidos ao redor, tornando a lipoaspiração mais seletiva e menos traumática”, explica.

 

Diagnóstico precoce de demência

Com o crescimento da população idosa no mundo, a Organização Mundial da Saúde (OMS) prevê que, em 2030, cerca de 75 milhões de pessoas terão sido diagnosticadas com demência. Para tentar minimizar os efeitos da doença, a startup inglesa Cognetivity está desenvolvendo uma ferramenta capaz de diagnosticar precocemente problemas de demência relativos ao avanço da idade.

A base do projeto é a inteligência artificial e o objetivo é detectar o Défice Cognitivo Ligeiro, fase anterior à Doença de Alzheimer. Ao identificar o avanço da doença, é possível traçar ações que contribuem para retardar os sintomas mais agudos do Alzheimer. A doença não tem cura, mas pode ser tratada de forma preventiva com atividades que desenvolvam o sistema neurológico, como o aprendizado de um novo idioma ou passatempos, como palavras-cruzadas. cognetivity.com

 

Tratamento de AVC

A startup holandesa Nico.lab, que desenvolve inteligência artificial, e o provedor de tecnologia de blockchain Tymlez uniram-se para desenvolver uma das novidades tecnológicas para auxiliar a ação das equipes de saúde no tratamento de pacientes com Acidente Vascular Cerebral (AVC). A partir de exames de imagem, o software identifica a dimensão da hemorragia e a localização dos possíveis coágulos, permitindo a rápida intervenção médica e, dessa forma, a redução de possíveis sequelas, proporcionando melhoria significativa na qualidade de vida do paciente.

Todas as informações são criptografadas e armazenadas na nuvem, o que permite que médicos e hospitais tenham acesso aos exames em qualquer localidade. O uso da tecnologia blockchain garante a confidencialidade dos dados do paciente, uma das exigências das leis europeia e brasileira de proteção de dados. nico-lab.com

Bomba de leite materno

A modelo argentina Valeria Garcia foi a responsável por uma das mais comentadas novidades tecnológicas apresentadas na London Fashion Week, em setembro passado. Durante o desfile para a marca Marta Jakubowski, a modelo, que tinha sido mãe há pouco tempo, percorreu a passarela com um modelito um pouco diferente daquele a que os fashionistas estão acostumados: a camisa preta, com os botões abertos, destacava o sutiã acompanhado de um protetor de seios branco.

A bomba de amamentação sem fios armazena o leite da mãe e um aplicativo ajuda a monitorar a produção diária de leite minimizar

Muito mais do que um acessório, no entanto, tratava-se de uma bomba de amamentação sem fios que se encaixa ao sutiã e permite o armazenamento do leite enquanto a mulher realiza as mais diversas tarefas. Um aplicativo para smartphone permite ainda que se acompanhe a produção diária de leite, em ambos os seios. Lançada em outubro, a bomba de amamentação para os dois seios custa US$ 479. elvie.com

 

*Matéria publicada originalmente na edição 219 da revista TOPVIEW.

Neste Artigo

Converse com a Gente