SELF

Projeto acolhe tutores de pets cadeirantes através de distribuição gratuita de cartilhas

A “Cartilha de Cuidados do Pet com Deficiência" já atingiu mais de 2.470 pessoas

Imagine este cenário: um belo dia seu cãozinho, que adora se aconchegar com você no sofá e pular na sua cama, acorda sem mexer as patas traseiras. Exames vem e vão, e você descobre que o hábito do seu cãozinho de subir no sofá e na cama gerou uma hérnia de disco, deixando-o paraplégico. Esta é a realidade que atinge diariamente milhares de tutores de pets no Brasil todo, que muitas vezes ficam desnorteados pela escassez de informações sobre como levar o dia a dia com seu pet após a paralisia.

LEIA TAMBÉM: Prêmio Meu Pet é Top vai mostrar os pets mais lindos do Paraná e de Santa Catarina!

Para agravar ainda mais a situação, infelizmente existe o preconceito de muitos veterinários que recomendam eutanásia sem necessidade para casos como este, e também para casos de pets que sofreram atropelamento, quedas ou efeitos da idade nas articulações.

Felizmente, os animais com deficiência (cadeirantes, surdos, cegos, etc) têm ganhado maior visibilidade na mídia com a ocorrência de adoções especiais por celebridades. Também, a Lei Sansão contra os maus tratos aos animais, que ganhou a mídia nacional em 2020, tem como protagonista um cãozinho especial que leva o mesmo nome. Junto a isso, existe a crescente de terapias disponíveis, tratamentos e uma oferta maior de cadeiras de rodas desenvolvidas especialmente para os pets, fazendo com que os animais deficientes tenham cada vez mais longevidade e qualidade de vida.

Ao identificar esta lacuna entre a falta de orientações e a disponibilidade de serviços para pets com deficiência, surge o Projeto Cão de Rodinhas que, desde 2018, faz ações levando informação e acolhimento a tutores de pets especiais, mostrando que eles vivem felizes sim! E pensando em ampliar o alcance das ações de conscientização e inclusão, o projeto decidiu lançar uma cartilha com as principais informações compiladas sobre o dia a dia de um pet especial para distribuir gratuitamente aos tutores em apuros, protetores independentes que resgatam animais em situações graves de maus tratos e abandono, clinicas veterinárias e também a estudantes de medicina veterinária, com o intuito de combater a prática de eutanásias sem necessidade.

“Com nossa rede de contatos, entrevistamos mais de 200 tutores de pets com deficiências diversas sobre dicas de cuidados e as dúvidas mais frequentes. Após o resultado destas entrevistas, nos unimos a uma equipe especializada em Neurologia, Ortopedia, Fisiatria, Dermatologia, Oftalmologia veterinária do hospital Animal Clinic para escrever essa cartilha com a credibilidade profissional aliada à experiência prática dos tutores.” diz professora Larissa Onuki, fundadora do projeto social.

Dentre os diversos capítulos da “Cartilha de cuidados do pet com deficiência”, que será publicada pela Editora Inverso, o leitor pode encontrar instruções de passo a passos sobre o uso de cadeira de rodas, próteses, exercícios para fazer em casa, sempre de forma descontraída, prática e visual com o complemento de vídeos que podem ser acessados via QR code. Palavras de acolhimento estão sempre presentes falando tanto sobre o emocional do tutor, quanto sobre os grupos de apoio, incluindo a indicação de dezenas de perfis de pets com deficiência nas redes sociais, que mostram diariamente o quanto são felizes.

Para viabilizar a distribuição gratuita deste material, o projeto busca patrocínios de empresas e pessoas físicas que queiram “apadrinhar” a impressão cartilhas através do site e pelo PIX divulgado no perfil do projeto no Instagram. A cartilha tem o custo unitário de impressão de R$7,40 e o doador pode ter seu nome/logo colocado em cada exemplar doado por ele. O conteúdo completo também será lançado na versão online tendo grande alcance a nível nacional.

Como adquirir? 

A cartilha tanto virtual quanto impressa pode ser adquirida gratuitamente pelo site www.caoderodinhas.com.br, ao preencher um pequeno formulário.

Deixe um comentário