Nós testamos o serviço de um dos hotéis Pet Friendly de Curitiba

Veja como foi a estadia de Paçoca, um hóspede de 4 patas, no Radisson Curitiba

Nosso precioso amigo canino foi convidado a experimentar o serviço pet friendly do Hotel Radisson - com direito a cartão personalizado e tudo!

1943 0
Compartilhe

Você já se hospedou em um hotel e levou seu precioso fiel amigo de 4 patas? Para alguns dos proprietários dos 52 milhões de cães no Brasil (segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), como eu, isso conta muitos pontos na escolha de uma experiência na hotelaria.

Meu companheiro Djoni Alexi e eu temos Carla Mendes para dividir a guarda do Paçoca, nosso cachorro adotado há 4 anos em São José dos Pinhais, encontrado na rua em uma manhã fria ainda bem filhote. Por isso, quando viajamos não precisamos levá-lo propriamente, afinal, conseguimos nos dividir para que cada um possa tomar conta dele nestes momentos. Mas nem sempre isso é possível.

Vai viajar? Conheça 8 hotéis para pets em Curitiba

Recentemente, eu e Djoni descartamos opções de hotelaria no litoral de Santa Catarina e Paraná por não aceitarem cachorros, ou outros animais.

Foi bem nessa época que Tânia Coelho, do projeto Hotel Além do Quarto, nos convidou para iniciar a apresentação dos hotéis pet friendly em Curitiba. Fomos conhecer a estrutura e fotografar nosso filhote em uma recepção exclusiva que compartilhamos agora com você.

O primeiro da sequência de apresentações que Tânia Coelho continuará a fazer no site dela foi o Hotel Radisson, pertencente à Rede Atlântica Hotels, em Curitiba.

Mas antes, alguns dados. Segundo o Fecomércio SP, os animais de estimação são considerados membros da família, e o tratamento dedicado a eles preza pelo bem-estar e conforto diários. Essa necessidade de cuidar e proteger é o impulsionador do mercado pet, que mesmo em um ano de crise conseguiu aumentar em 4,9% o faturamento, chegando a R$ 18,9 bilhões em 2016.

Um mercado que diz respeito a todos os animais, raças puras ou sem raças, acolhidos ainda filhotes ou adotados em vidas adultas, como os que foram destaque na edição de março da revista TOPVIEW no Editorial Manifesto “Segunda Chance”.

É importante também observar que a classificação Pet Friendly (amigo dos animais) atribuída a um hotel, pousada ou outro meio de hospedagem, obedece a alguns critérios, tais como, disponibilidade de bebedouros, permissão para dormir com seu dono e receptividade.

No Hotel Radisson nosso pet foi super bem-vindo, e soubemos que seja ele cão ou gato de pequeno porte, com altura de até 30cm e peso máximo 5kg, mediante uma taxa adicional, isso acontecerá sempre. O hotel oferece o “kit pet”, composto por uma “fralda” descartável e potinho de comida e água, sendo a alimentação providenciada pelo proprietário, além de um cartão personalizado com o nome do seu pet – o Paçoca recebeu o dele.

Sentimos, de imediato, uma grande receptividade e carinho pelo Paçoca por parte do staff do Radisson, pois ele era aguardado desde o momento da reserva.

“Amor incondicional, amizade, carinho, cuidado, respeito, ele é um filho mesmo. É a nossa alegria de viver! Por isso perceber esse carinho do hotel é gratificante pra nós”, comentou Djoni sobre a experiência.

Ter a possibilidade de viajar com seu pet e ter a certeza de que ele ou ela será bem cuidado nos traz segurança, conforto e aconchego, especialmente porque o pet não está ambientado com um quarto de hotel. No começo, o Paçoca ficou curioso e ao mesmo tempo preocupado, porém com tamanha receptividade de toda equipe (seja no check-in, na recepção onde tomamos um café, até mesmo no quarto), ele sentiu a amabilidade do local e 5 minutos depois já estava deitado na cama usufruindo de toda estrutura incrível que o hotel propicia.

Futuro dos pets nos locais diversos

No Brasil, cresce cada vez mais o número de animais de estimação. Com isso, a adaptação de diversos setores para se ajustar a esta realidade e permitir a entrada destes bichinhos em hotéis, companhias aéreas, shopping centers, bares e restaurantes.

Além disso, atualmente há uma mudança demográfica no país que favorece o crescimento do setor, já que existem casais com menos filhos e um aumento considerável na longevidade dos idosos. Com tantos animais de estimação nas casas, o segmento demonstra que poderá se desenvolver no longo prazo.

Para maiores informações sobre a hospedagem do seu animal de estimação, consulte o Hotel Radisson em Curitiba.

Endereço

Radisson Hotel Curitiba_(41) 3351-2222

Avenida Sete de Setembro, 5190, Batel.

Neste Artigo


Converse com a Gente