SELF

Lapinha SPA é considerada a mais sustentável do mundo

Prestes a completar 50 anos de atuação na área de saúde integrativa, a associada à AHK-PR venceu a categoria "Spa Sustentável do Ano"

Eleita em 2016 como um dos seis melhores spas do mundo pelo World Spa & Wellnes Awards e por três anos consecutivos como o melhor Spa das Américas, a Lapinha é novamente vencedora, desta vez na categoria “Spa Sustentável do Ano”.

A associada à AHK-PR concorreu com diversos Spas de várias partes do mundo, sendo a vencedora da categoria. Além da sustentabilidade, a Lapinha também concorreu à categoria “Equipe do Ano”, em que ficou entre os seis melhores do mundo, sendo o único spa da América Latina a concorrer aos prêmios de 2021. 

“Na Lapinha, pensamos em sustentabilidade desde a comida que vai no prato de cada hóspede até todas as vivências disponíveis durante a estada de cada um que frequenta o nosso espaço. Há quase 50 anos, produzimos nossos alimentos sem agroquímicos e agrotóxicos, prezando sempre pelo frescor, variedade e sabor de todos eles”, afirma o CEO da Lapinha e neto da fundadora, Dieter Brepohl.

Provida de poços artesianos de 100 metros de profundidade, a água da Lapinha é extremamente alcalina, tendo o seu pH em 8,3, perfeita para desintoxicar e alcalinizar o organismo: “Nosso hóspede recebe a água preciosa em seus quartos e tem acesso a ela em todos os ambientes: clínica, piscina, academia, spa e hotel. Além disso, cuidamos do coletivo, pensando também nas próximas gerações: preservamos os nossos rios, purificamos efluentes, evitamos materiais degradantes, cuidamos da matriz energética e conservamos a mata nativa de mais de 150 hectares, com araucárias, cedros, xaxins, sassafrás e centenárias imbuias – uma delas ultrapassando 1200 anos de existência”, explica o CEO.

(Foto: Victor Affaro)

Assim como na sociedade, a sustentabilidade no SPA é trabalhada pelo tripé ESG. O primeiro elemento está relacionado ao cuidado com a natureza (environment), e a experiência do cliente ao ter a oportunidade de reconexão com ela; o relacionamento com a comunidade e o impacto social (social), sendo um aspecto refletido na percepção dos próprios hóspedes, que se sentem acolhidos e cuidados dentro do espaço; e, por fim, o viés econômico (governança), em que a empresa foca no lucro e crescimento, mas sempre alinhada a uma postura mais sustentável e responsável financeiramente, já que reverte os ganhos em melhorias e atualizações do próprio spa.

(Foto: Victor Affaro)

A Lapinha é o primeiro SPA médico do Brasil e oferece o que há de mais avançado no mundo em técnicas de medicina integrativa, promovendo o equilíbrio entre corpo, mente e espírito: “Valorizamos o protagonismo do ser humano em sua própria busca e autocura, a nutrição, o bem-estar físico e emocional, a natureza e a conexão com o divino. Suas múltiplas peças respeitam a individualidade de cada um, seu momento de pausa, objetivo e processo. Somos um espaço para a reconexão com o eu interior, envolvidos pelo ar puro e a beleza da natureza”, explica Dieter Brepohl.

(Foto: Victor Affaro)

Deixe um comentário