Joalheria doa 10% do faturamento para crianças e adolescentes com câncer - TOPVIEW

Joalheria doa 10% do faturamento para crianças e adolescentes com câncer

Durante todo o mês de outubro, parte das vendas do showroom de joias Dassa Danna será revertida para ajudar o Instituto Ronald McDonald

Compartilhe
O mês de outubro é marcado mundialmente pela campanha Outubro Rosa, com foco na conscientização para a prevenção ao câncer de mama. Como parte da mobilização do ateliê Dassa Danna ao tema, será doado 10% das vendas do mês de outubro para apoiar o Instituto Ronald McDonald, que há mais de 21 anos atua para aproximar famílias da cura do câncer infanto-juvenil.

Dassa Danna, dona e diretora da joalheria que leva seu nome, explica que após lutar e vencer um câncer, decidiu ajudar quem não tem condições de tratamento. “Em 2018, fui diagnosticada com câncer no endométrio, foi uma corrida contra o tempo para a cirurgia e o tratamento. E hoje estou aqui. Desde então, tenho o propósito de ajudar àqueles que mais precisam. Conheci a causa e o trabalho do Instituto Ronald McDonald e me encantei pelo projeto”, afirma.
Entre as peças exclusivas do showroom do ateliê estão: colares com medalhas em turmalinas rosas e safiras brancas em ouro amarelo, anéis com rubis em ouro amarelo e com kunzita em ouro branco. Os atendimentos para conhecer as peças e ajudar o Instituto são agendados de segunda a sexta, das 10h às 19h, por meio do email: contato@dassadanna.com.br. Aloja física é localizada na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.

Salvando a vida de crianças e adolescentes com câncer no Brasil

O Instituto Ronald McDonald, organização que depende exclusivamente de doações, é uma das principais instituições que atuam em prol da causa da oncologia pediátrica no Brasil. Somente em 2019, foram realizados cerca de 95 mil atendimentos, nas 5 regiões do país, impactando 21 estados e 43 municípios.

No entanto, mais do que nunca o Instituto precisa de ajuda para continuar seu trabalho e apoiar sua rede de casas de apoio e hospitais parceiros. Por conta da pandemia, a organização rever estratégias e cancelar algumas campanhas de arrecadações previstas para 2020. A decisão foi tomada a fim de reduzir a propagação do contágio da doença, em conformidade com as medidas adotadas pelo Ministério da Saúde e o Governo do Estado do Rio de Janeiro.

“Neste momento desafiador que estamos passando, toda ajuda conta muito, pois a atenção e o cuidado com os pequenos pacientes oncológicos, que estão no grupo de risco da COVID-19, são fundamentais. Ficamos muito contentes com essa parceria muito especial, que vai ajudar a trazer esperança para milhares de crianças em tratamento e suas famílias”, destaca Francisco Neves, Superintendente do Instituto Ronald McDonald.
In this article

Join the Conversation