Projeto Black 75 #12: faltam apenas três dias para o Sesc Triathlon Caiobá! - TOPVIEW

Projeto Black 75 #12: faltam apenas três dias para o Sesc Triathlon Caiobá!

Ansiedade, pente fino nos equipamentos e treinos leves marcam os dias que antecedem a tão esperada prova

965 0
Compartilhe

E chegou o dia, ou melhor, está chegando o dia: 24/3, neste domingo, vai ser o desfecho final desta epopeia que iniciei em dezembro do ano passado.

A programação de largadas.

Os momentos iniciais foram intensos, eu queria entrar em forma logo. Depois veio a fase do cansaço, em que eu ia trabalhar sobrecarregado da rotina intensa imposta pelos treinos. Tiveram também as cobranças, porque eu tinha que performar no âmbito profissional. Agora, eu estou relaxado. Olho para trás e vejo a evolução de um caminho traçado e construído tijolo por tijolo. Não sei qual vai ser o resultado deste projeto. Quero ir bem, sei que vou bem, no entanto no Triathlon são muitas variáveis que influenciam no tempo da prova. Uma coisa é certa, o foco está nos 75 minutos da largada à linha de chegada.

Alguns treinos de final de semana que saíram da rotina ajudaram em muito no meu desenvolvimento e me trouxeram uma confiança extra para cada modalidade. Foi o caso do simulado de Triathlon na Universidade Positivo, do final de semana em Witmarsun e da ida para Caiobá, com treino na Praia Mansa. Minha corrida está mais encaixada, o pedal evoluiu tanto na cadência como no posicionamento e a natação está em dia. As transições foram treinadas também. A mais difícil é a primeira, na qual saio da água e pego a bike para ir a estrada. Pela primeira vez, vou vestir a sapatilha na bike. Ou seja, vou fazer isso literalmente pedalando, o que pode baixar meu tempo de transição em até 1 minuto. Para quem tem uma meta como eu, cada minuto vai ser muito importante na prova.

O treino na Praia Mansa de Caiobá ajudou muito na preparação de Juliano.

A ideia é fazer a natação em 14 minutos, a bike em 35 minutos e a corrida em 22 minutos, mais 3 minutos de transição já somando as duas (de natação para bike e de bike para corrida). Pelas minhas contas vai dar 74 minutos e estou sem muita margem de erro. O negócio é torcer pra dar tudo certo! Hahaha!

Os preparativos já começaram. Comprei um tênis novo na Tribo Esporte, um modelo específico para corrida, o qual já testei e aprovei. Como já escrevi em um post anterior, ele precisa ser leve, confortável e ao mesmo tempo com um bom sistema de amortecimento. Para quem tiver interesse segue a marca e modelo: 361° – Spire 3.

Tênis modelo 361° – Spire 3, que Juliano vai usar na corrida.

A bike já peguei na revisão, foi desmontada totalmente, teve alguns cabos trocados, foi regulada e lubrificada. Ela também ganhou rodas de carbono e pneus de competição, que o Leandro da Tribo Esporte forneceu, que vão ajudar a melhorar a performance.

No mais, nesta semana não estou forçando nos treinos. Pretendo fazer aula de alongamento e tirar um dia de folga, provavelmente na sexta-feira, pois sábado vou dar uma volta de bike na Rodovia Alexandra-Matinhos só para soltar a musculatura e fazer ioga à tarde para trabalhar a respiração e as mentalizações.

Às vésperas do grande dia, os treinos são leves.

Esta semana também fui na Ichiban Therapy. A Eli pegou leve comigo desta vez e fez uma massagem mais relaxante, já que não é aconselhável fazer uma terapia mais incisiva agora, para não ter nenhum risco de dor no pré-prova.

Eli, da ichiban Therapy, e Juliano.

Se estou ansioso? Um pouco talvez. Mas a verdade é que a cada quinta-feira que passa, onde conto um pouco da minha rotina, ganho um senso de responsabilidade que me conforta; tanto para o que me propus a fazer quanto ao que estou escrevendo para vocês. Agora é respirar fundo, fazer o check-list e cumprir o objetivo. Boa sorte a todos os competidores!

Confira os posts anteriores do Projeto Black 75.

Neste Artigo

Converse com a Gente