Artigo: pilates o querinho para o condicionamento corporal e mental

Artigo: pilates o querinho para o condicionamento corporal e mental

Os estímulos físicos, o trabalho da respiração e a disciplina do pilates oferecem resultados positivos na concentração e aumento da criatividade

1058 0
Compartilhe
Lillian Moura Pilates

Não é de hoje que a todo o momento se fala sobre os benefícios da atividade física. Porém devido à correria do dia a dia, poucas pessoas conseguem ter um tempo para si. Mas, além dos benefícios para o corpo, a prática do pilates, por exemplo, uma técnica diferenciada de condicionamento corporal e mental, traz aumento da produtividade no trabalho e nas atividades do dia a dia.

“Apenas o ato de se dispor a praticar, percebendo a necessidade que o corpo tem de se movimentar já pode ser considerado um excelente gatilho para os benefícios que o pilates traz. Os movimentos dentro da nossa técnica são acompanhados de um controle respiratório e de concentração. Isso traz a nossa consciência para o momento presente, um dos detalhes que fazem toda diferença para a vida agitada que os dias atuais exigem. Desta forma, oportunizamos um momento de grande relaxamento mental, centralizando as ideias, tendo mais insigths, aumentando a criatividade”, comenta a instrutora de pilates Lillian Moura, do Studio Lillian Moura pilates.

A prática de exercícios de uma forma geral nos torna mais resistente aos desafios do dia a dia. Ao aumentar a oxigenação cerebral também é possível perceber um aumento na produtividade, criatividade, ação para resolução rápida de tarefas.

Sem dores por movimento repetitivo

A atividade física mantém o corpo mais forte para realizar as tarefas de modo mais efetivo. Ajuda por exemplo, evitar as dores comuns ocasionadas pelos movimentos repetitivos ou, até mesmo, pela maior parte das pessoas passarem muito tempo em uma mesma posição. Horas na frente do computador, em pé, ou em alguma posição fixa traz rigidez à musculatura e diminuição da mobilidade articular.

É comprovado que as pessoas que praticam atividades físicas são muito mais produtivas. Pois previnem de maneira eficaz esses problemas tão comuns da vida atual. Além disso, previne o stress e suas consequências.

Priorizar o tempo!

Como é um exercício intenso, o pilates traz a vantagem de dar resultados sem a necessidade de prática diária. Segunda a instrutora, duas vezes por semana é uma frequência muitas vezes suficiente para mudar de hábitos. E, assim, ter uma melhor qualidade de vida. Adicionando a isso pequenas mudanças nos hábitos diários a mudança é ainda mais rápida e eficiente.

Novos hábitos! Como começar?

“Dar o primeiro passo é sempre o mais difícil”. Muitas pessoas não se encontram em atividades de impacto ou de academia. Por esse motivo o pilates acaba se encaixando em diferentes perfis, pois são aulas mais focadas, em estúdio privado e com no máximo dois alunos, como é no caso do estúdio da instrutora Lillian.

“Na minha opinião, mudar hábitos não é difícil. Como disse a Monja Coen em um encontro que participei: nós nascemos disciplinados, já que nós comemos, dormimos, tomamos banho, temos uma rotina. O difícil é identificar quais hábitos são nocivos à nossa saúde. E encontrar uma maneira de nos reprogramar”, comenta a especialista.

Ao contrário do que parece, nossa mente adora novos estímulos. Então, ao criar um novo hábito, assumir um compromisso, uma nova disciplina, estamos estimulando nossa mente. Ter um momento para cuidar do corpo, auxilia a manter os níveis de serotonina alto, o que traz autoestima, melhora o humor e como consequência a motivação para o dia a dia.

 

Neste Artigo

Converse com a Gente