SELF

FARFETCH lança seu primeiro relatório anual de tendências de luxo consciente e atualiza sua ferramenta

A ferramenta Fashion Footprint Tool agora permite que os clientes façam compras de forma mais responsável

A FARFETCH, plataforma de tecnologia líder global da indústria de moda de luxo, publicou ontem (29) seu primeiro relatório anual de tendências de luxo consciente examinando como os consumidores de luxo estão comprando com mais responsabilidade. Além disso, a FARFETCH também está lançando uma versão aprimorada de sua ferramenta Fashion Footprint, em parceria com o IOF.earth, que permite aos consumidores compreender facilmente o impacto de suas escolhas na moda.

O Relatório de Luxo Consciente da FARFETCH descobriu que o comportamento dos consumidores na plataforma mudou significativamente em 2020 durante a pandemia de COVID-19, com um aumento de clientes de luxo que optaram por fazer compras de marcas e boutiques mais conscientes na FARFETCH, que respondendo à crescente demanda do consumidor, consolida e aumenta seus compromissos para melhorar o impacto no planeta. A FARFETCH usa um conjunto de critérios para qualificar o que classifica como produtos “conscientes” na plataforma. Para que os produtos sejam classificados, eles devem aderir a um dos seguintes critérios: ser feitos de materiais reconhecidos ou certificados, (como por exemplo, orgânicos, tecidos reciclados e reutilizáveis, materiais celulósicos de baixo impacto, etc.), ser desenvolvido por meio de um processo de produção certificado e ser usado ou pertencer a uma marca com boa pontuação na agência de classificação ética da Good on You.

As principais descobertas de 2020 incluem:

  • Os consumidores estão escolhendo fazer compras com mais responsabilidade em todo o mundo – o México teve o maior crescimento global em compras conscientes, com mais de 341% de crescimento ano a ano em GMV Consciente 2019/2020; os países asiáticos estão demonstrando uma abordagem com visão de futuro para as marcas, muitas vezes adotando marcas conscientes emergentes antes do resto do mundo;
  • A conscientização do consumidor está impulsionando a transformação – a venda de produtos Conscientes cresceu 3,4 vezes mais rápido do que a média do mercado em 2020, impulsionada pela oferta mais ampla da FARFETCH e pelo aumento do interesse do consumidor. O tráfego para as páginas de produtos conscientes na FARFETCH.com quadruplicou ano após ano e, após a pandemia, houve um aumento dramático no uso do filtro de Sustentabilidade em FARFETCH.com;
  • As iniciativas de moda circular estão ressoando com os consumidores – os clientes estão cada vez mais utilizando serviços que os ajudam a prolongar a vida útil de suas roupas; o serviço de revenda Second Life da FARFETCH cresceu 527% em relação ao ano anterior, enquanto nosso serviço de doações cresceu 662% nos países em que estão disponíveis. As vendas e visualizações de itens usados também tiveram um grande crescimento;
  • Boutiques e marcas estão agindo para atender à demanda do consumidor – pequenas marcas de luxo, incluindo Veja, Bode e Alighieri estão liderando o movimento em termos de prática consciente; marcas de luxo estabelecidas, incluindo Gucci, Prada e Burberry, lançaram coleções conscientes de sucesso.

A FARFETCH também atualizou sua ferramenta Fashion Footprint por meio de uma parceria com a IOF.earth para permitir que os clientes vejam o impacto ambiental de versões mais sustentáveis de materiais em comparação com os padrões, ajudando-os a comprar de forma mais sustentável e consciente. A nova ferramenta também inclui informações por material para cobrir algumas das questões mais amplas de sustentabilidade da moda, por exemplo, microplásticos. Além disso, a ferramenta permite que os clientes vejam o potencial de economia ambiental ao incorporar compras de segunda mão em seus guarda-roupas.

Você pode acessar o relatório completo clicando aqui.

Deixe um comentário