COVID-19: Os 5 eixos da vida são essenciais para não perder a performance - TOPVIEW

COVID-19: Os 5 eixos da vida são essenciais para não perder a performance

Em tempos de pandemia é necessário revistar os 5 eixos da vida para não perder a performance

37 0
Compartilhe

O desenvolvimento de pessoas no âmbito profissional é um projeto contínuo, independentemente de crise, tipo de negócio, setor de atuação ou qualquer situação adversa, como por exemplo, a pandemia da Covid-19, que mudou o cenário cotidiano das pessoas e das empresas, tirando todos da zona de conforto e exigindo mudanças rápidas, com alto grau de exigência emocional e relacional. A manutenção do desenvolvimento pessoal exige ação imediata para não perder a produtividade e os sonhos.

Os 5 eixos da vida, (físico, conhecimento, emocional, relacional e transcendental), são sempre revisitados na metodologia de trabalho do Grupo Bridge para todos os clientes, mas serve para qualquer pessoa, principalmente no momento atual. “O equilíbrio de cada indivíduo constantemente é colocado a prova, por isso, em tempos de pandemia, todos precisam estar atentos e concentrados, principalmente, para não perder a alta performance, importante tanto na competitividade quanto nos anseios pessoais”, explica Celso Braga, sócio-diretor do Grupo Bridge.

Saiba mais sobre os 5 eixos

Eixo Físico – Responsável pela quantidade de energia que dispomos, é uma fonte de combustível. Assim como o automóvel, não adianta ter o melhor carro, mas estar sempre com o combustível na reserva. “Se não temos o “tanque cheio” de energia, já começamos o dia cansados e, certamente, nos arrastaremos para realizar as tarefas e resolver os problemas que, com certeza, aparecerão, chegando ao final do dia realmente esgotados e se você se sente assim, está na hora de cuidar desse eixo”, explica Celso.

Eixo Conhecimento – Responsável pela concentração da energia, é capaz de manter o individuo atualizado. Com este eixo bem desenvolvido é possível resolver problemas e tomar decisões de forma mais assertiva. “Estamos sempre pesquisando e conhecendo coisas novas, sejam assuntos técnicos ou conhecimentos gerais. Nossa curiosidade está sempre em busca de algo novo para explorar permitindo a cada um ser mais criativo na resolução dos desafios enfrentados diariamente”, ressalta Celso.

Eixo Emocional – É responsável pela qualidade da nossa energia. Pela forma como lidamos com situações de estresse, pela manutenção ou constante oscilação do nosso humor, pelo sagrado limite da nossa paciência e, acredite, até pela nossa imunidade. Segundo Celso Braga, com esse eixo equilibrado, conseguimos ter clareza de como nossas emoções estão impactando (positiva ou negativamente) tanto nos outros quanto em nossa própria tomada de decisão. Garantindo assim que consigamos aproveitar melhor nosso próprio potencial, sem nos boicotarmos. 

Eixo Relacional – Este eixo é responsável pela forma como disseminamos a nossa energia. Pela forma como criamos e cultivamos as nossas diferentes relações ao longo do tempo. Pela quantidade e qualidade dos vínculos que temos com as pessoas e pelo quanto de tempo conseguimos mantê-los. A qualidade desses vínculos é o mais importante, se são espontâneos e saudáveis, ou se são limitantes e tóxicos.

Eixo Transcendental – Este eixo é responsável pelo direcionamento da nossa energia para algo além de nós mesmos. Ou seja, é responsável pelo nosso propósito de vida! É aquele que nos dá a sensação de estar no lugar certo, fazendo a coisa certa. A dica, segundo Celso, é manter a consciência ampliada sobre seus valores pessoais; definir seu propósito de vida e focar na sua visão de futuro.

In this article

Join the Conversation