A gente perguntou: o que elas realmente querem neste 8 de março? - TOPVIEW

A gente perguntou: o que elas realmente querem neste 8 de março?

Quando chega o Dia das Mulheres uma grande questão é saber como presenteá-las. Para te ajudar, fomos atrás dessa resposta ;)

1313 0
Compartilhe

O Dia Internacional da Mulher chegou e, com ele, surgiu entre nós uma dúvida: o que elas gostariam de ganhar neste dia? Levamos a questão a seis mulheres de Curitiba que são referência em suas áreas, admiradas e empoderadas. As respostas? As mais surpreendentes possíveis. Os desejos dessas mulheres não são difíceis de serem atendidos, porém, são definitivamente instigantes. Confira!

Cláudia Krauspenhar, sócia e chef responsável pelo restaurante franco-italiano Vin Bistrô.

 

Almoço em ótima companhia!!! #pitocosdadinda

Uma publicação compartilhada por claudinhakrausp (@claudinhakrausp) em

“O melhor presente que as mulheres poderiam ganhar neste 8 de março é o R-E-S-P-E-I-T-O, no sentido mais amplo. Respeito ao ser mulher, com suas formas, seus pensamentos, suas angústias, suas lutas, suas conquistas, suas dores, seus erros… Respeito!”

Katiana Balarezo Giarola, hematologista, hemoterapeuta e especialista em transplante de células-tronco hematopoiéticas e sócia-proprietária do restaurante Armazém Santo Antônio

“O preconceito (no sentido amplo da palavra) contra as mulheres ainda é concreto, apesar de hoje e cada vez mais elas desempenharem um papel importante na sociedade patriarcalista. É imprescindível que estas barreiras sejam vencidas e que haja reconhecimento e respeito para com as mulheres em todos os sentidos, e isto deve ser um ato diário, não somente lembrado no dia 8 de março. O empoderamento feminino está cada vez mais presente em todos os níveis sociais, culturais e econômicos e é este, a meu ver, o presente ideal a ser a elas oferecido.”

Liasí de Camargo Duarte, farmacêutica e bioquímica, diretora do Hospital São Lucas.

“No dia 8 de março, acho que todas nós gostaríamos de ver respeitadas as crianças e os idosos. De viver em um mundo mais justo, onde nossos filhos tivessem direito à educação, saúde e oportunidade de trabalho. Que os povos vivessem em paz, respeitando-se em suas crenças e culturas. Quem consegue esquecer a foto da linda menina Síria, tapando os olhos de sua boneca, para não ver o horror que ela mesma estava presenciando? Para quê? Por quê? Definitivamente, não é este mundo que merecemos.”

Lisiane Mehl, advogada com mais de 20 anos de experiência na área de Direito Individual e Coletivo do Tabalho.

“Uma escuta atenciosa e generosa é o melhor presente que uma mulher pode ganhar.”

Mônica Balestieri Berlitz, empresária, fotógrafa e criadora do maior grupo feminino no Facebook, o Clube da Alice.

 

Mulherada animada no encontro das Alices em Forma de hoje!!!!! Uma manhã deliciosa ???

Uma publicação compartilhada por Clube da Alice (@clubedaalice) em

“Eu acho que o melhor presente que qualquer mulher pode ganhar e pode dar também é o respeito, principalmente pela opinião contrária. Respeitando o outro nos tornamos positivos e vivemos em harmonia.”

Priscila Cadore, digital Influencer, empresária, globetrotter e referência de estilo para muitas mulheres.

“Acredito que – considerando o contexto atual – o melhor presente que as mulheres poderiam ganhar, não só neste dia 8 de março, mas para a vida toda, seria mais união entre as mulheres, sororidade. Mulheres apoiando-se umas às outras, lutando pela mesma causa – e não podemos deixar de falar da inclusão, que o sexo feminino, independente de classes sociais, estereótipos, tenha a mesma oportunidade de trabalho e estudo, e que todas sem exceções possam ser incluídas na sociedade.”

A gente deseja tudo isso e muito mais a cada leitora nossa. Parabéns! 🙂

Neste Artigo

Converse com a Gente