Artigo: Estamos tomando mais café que o normal? - TOPVIEW

Artigo: Estamos tomando mais café que o normal?

Confira o texto dos especialistas Alisson David Silva e Thais Regina Mezzomo

32 0
Compartilhe

O café é uma das bebidas mais consumidas no mundo, e no Brasil não é diferente. O grão teve sua origem na África, porém foram os europeus que difundiram o consumo dela. Com a pandemia, na qual muitas pessoas estão cumprindo a quarentena dentro de suas casas, o consumo de café aumentou em 30% segundo a Associação Brasileira da Indústria do Café (ABIC).

O café contém cafeína, um estimulante natural que melhora o estado de alerta, proporciona mais energia, diminui a sensação de cansaço e a sonolência. Por isso, a recomendação é não exagerar no consumo. Estudos demonstram não haver risco da ingestão de até três xícaras ao dia, e evitar o consumo a noite para não atrapalhar o sono.

O excesso pode trazer riscos à saúde, pois a cafeína interage com o cálcio afetando sua absorção, e, por ser um estimulador, pessoas com problemas cardiovasculares devem consumir moderadamente, assim como quem possui problemas gástricos, para evitar irritação da mucosa gástrica e piorar o quadro. Quem costuma utilizar açúcar, deve diminuir o consumo da bebida ou buscar outra alternativa para adoçar.

Dessa forma, recomendamos beber café com moderação saboreando atentamente cada momento!

*Escrito por Alisson David Silva, nutricionista e professor do Centro Universitário Internacional Uninter, e Thais Regina Mezzomo, coordenadora do curso de Nutrição do Centro Universitário Internacional Uninter

In this article

Join the Conversation