Artigo: entenda a importância da consciência ambiental no segmento de logística - TOPVIEW

Artigo: entenda a importância da consciência ambiental no segmento de logística

Confira o texto de Felipe Marçal Cota, engenheiro de produção e CEO da Transcota - logística e transporte

29 0
Compartilhe

A adoção de práticas sustentáveis que garantem a preservação dos recursos naturais é essencial para garantir o crescimento de qualquer negócio a longo prazo, especialmente em tempos os quais a consciência ambiental tem ganhado cada vez mais destaque na sociedade.

No segmento de logística, a prática de atitudes sustentáveis transformou a realidade de diversas empresas. Um dos principais pontos de atenção é o descarte correto de produtos e a respectiva reutilização deles. Essa reintegração do produto à cadeia produtiva após atingir o fim de sua vida útil pode ser chamada de logística reversa.

Ao atuar de forma sustentável, é possível promover não só a conscientização para a educação ambiental, mas também eliminar ou reduzir os impactos no meio ambiente – o que contribui para o aumento da qualidade de vida da população.

Dentro de uma organização, um planejamento sustentável deve partir do princípio de que é possível obter resultados financeiros sem prejudicar o meio ambiente. Para isso, a criação de políticas socioambientais deve estar inserida de forma objetiva no planejamento estratégico e integrada na raiz da cultura organizacional. Podemos citar como exemplo, algumas das iniciativas desenvolvidas em nossa empresa. Implantamos em nossa unidade localizada na cidade de Parauapebas (PA), um projeto piloto 100% autossustentável em energia, com a neutralização de dióxido de carbono e o aproveitamento de água da chuva. Essa sede integra o conjunto de empresas privadas participantes do Programa de Logística Verde Brasil (PLVB), que procura consolidar e aplicar conhecimentos para reduzir a intensidade das emissões de gases de efeito estufa e poluentes atmosféricos, e assim elevar o potencial de eficiência da logística e do transporte de carga no Brasil.

A nossa empresa acabou de incluir veículos elétricos em seus serviços de transportação de cargas. Recentemente adquirimos um automóvel 100% elétrico para alocar em nossas operações, a van BYD-T3. Com a capacidade para 700Kg, ela possui um custo seis vezes maior do que o de um similar da categoria movido a combustível fóssil. Ela será abastecida pelas placas fotovoltaicas em nossa unidade sustentável no Pará, sendo necessárias somente duas horas para garantir uma autonomia de 300 quilômetros, sem prejuízos ao meio ambiente. Estes veículos são financeiramente mais econômicos. Com isso, as operações ficam menos dispendiosas, o que acaba viabilizando as suas aquisições. É importante lembrar que a sustentabilidade não implica essencialmente em aumento de gastos. Muito pelo contrário.

Algumas das maneiras possíveis de se colocar a visão sustentável em prática no setor logístico seria por meio da implementação de atitudes assertivas, como a análise do ciclo de vida dos produtos e a determinação do impacto ambiental causado por cada um deles; a adoção do consumo consciente de energia e água; a prática da coleta seletiva; e o reaproveitamento e reciclagem de resíduos. Além disso, podemos equipar as frotas com veículos elétricos ou movidos a biocombustível e, adotar o uso de embalagens biodegradáveis, entre outras medidas. 

Ao orientar todos os processos gerenciais e operacionais, segundo os princípios da logística sustentável, as empresas garantem a sobrevivência de seus negócios no mercado e agregam valor competitivo e econômico aos mesmos. É preciso também, investir em campanhas e elaborar políticas de devolução e troca bem claras, sem custos para o cliente, para que os resultados se tornem cada vez mais expressivos.  

*Escrito por Felipe Marçal Cota, engenheiro de produção e CEO da Transcota – logística e transporte

In this article

Join the Conversation