PODER

Viagens focadas em negócios

A retomada do turismo é uma questão de tempo e o LIDE Paraná já está planejando seu calendário de missões internacionais para aprendizados na prática

Desde que assumi a presidência do LIDE Paraná, em 2019, acompanho de perto o trabalho do Grupo Klas Viagens, que opera como uma empresa de soluções full service para viagens, atendendo às necessidades específicas dos mercados B2C e B2B. Junto com a agência, já desenhamos alguns planos, mas, até o momento, a pandemia sinalizou que ainda não podemos preparar as malas. Confiante nas duas décadas de atuação da empresa, refleti sobre como as empresas, de forma geral, demandam recompensar o trabalho bem executado de seus colaboradores e como as viagens de experiência são de grande valor, tanto para reconhecimento quanto para treinar em campo as tendências que já não são tão futuristas.

Dados do World Travel & Tourism Council (WTTC) apontavam, em 2019, que o setor de turismo foi responsável por 10,3% do PIB global e 330 milhões de postos de trabalho. Isso significava que 1 em cada 10 empregos no mundo eram gerados pelo segmento. No entanto, a Organização Mundial do Turismo (OMT) e a WTTC admitem que as viagens internacionais colocam em risco milhões de empregos, com um prejuízo que pode chegar a aproximadamente US$ 1 bilhão, caso a sustentabilidade não seja respeitada.

Consideradas grandes ferramentas motivacionais, as viagens motivam negócios, parcerias e relacionamentos. Ou seja, são fundamentais para as relações comerciais. Hoje, o mercado fala muito sobre sustentabilidade, mas a realidade é que muitas empresas ainda não materializam seus discursos. A Dinamarca, por exemplo, está entre os destinos mais sustentáveis do mundo. Por lá, o plástico praticamente não existe. A felicidade, outro item de desejo absoluto, também parece ter destino certo. Em conversas com Rodrigo Klas, fundador da Klas, descobri que o Butão tem um índice muito especial: o de Felicidade Interna Bruta (FIB). E foi refletindo sobre essa beleza do mundo e tudo o que ela tem a nos ensinar que estamos estruturando missões com significado. Vamos criar momentos para quem já viajou o mundo, mas ainda tem sede de aprendizado, e para quem deseja ter novos insights sobre seu negócio e busca referências mundiais para além da teoria.

Diante de um parceiro como o Klas Viagens, o LIDE Paraná traça uma perspectiva real para a retomada do turismo em uma tendência de viagens mais conscientes, planejadas, empáticas com moradores e sustentáveis. Se essa tendência se confirmar, o mercado irá prosperar. 

* Coluna originalmente escrita por Heloisa Garret, Presidente do LIDE Paraná, e publicada na edição #250 da revista TOPVIEW.


Este conteúdo é um PROMOTOP: material publicitário em formato nativo
A responsabilidade sobre as informações é do escritor e não expressa necessariamente a opinião da TOPVIEW

Deixe um comentário