Uma trajetória na política paranaense - TOPVIEW

Uma trajetória na política paranaense

Ney Leprevost dá continuidade ao legado social que iniciou ainda jovem pelo Paraná

0
Compartilhe

Iniciamos o ano de 2020 em clima de renovação, esperança e novas metas. Ney Leprevost, o atual Secretário da Justiça, Família e Trabalho, foi meu convidado para uma conversa sobre a trajetória na política, iniciada ainda muito jovem e marcada por grandes feitos pela população paranaense.

Como foi sua trajetória profissional até chegar à Secretaria de Justiça, Família e Trabalho?
Comecei a trabalhar aos 13 anos de idade como repórter esportivo na Rádio Globo e na Rádio Difusora. Aos 22 anos, fui eleito o mais jovem vereador para a Câmara Municipal de Curitiba e, no meu primeiro mandato, idealizei e concretizei a linha de ônibus Inter-Hospitais para beneficiar pacientes vindos de todo o Paraná. Com 25 anos, fui convidado pelo governador Jayme Lerner para ser o Secretário de Estado do Esporte e do Turismo do Paraná. Nessa época, criamos o programa Piá Bom de Bola, uma importante iniciativa com alcance social e educacional baseada no esporte. Depois, segui a carreira política, elegendo-me deputado estadual e, posteriormente, deputado federal. No começo do ano passado (2019), retomei a trajetória no Executivo, na condição de Secretário da Justiça, Família e Trabalho.

Como Secretário da Justiça, Família e Trabalho, quais foram as principais ações e medidas adotadas em prol da população?
Com muita humildade, posso afirmar que está sendo feito um ótimo trabalho. Logo que assumimos, determinamos que o atendimento à criança fosse a prioridade número um de nossa gestão. Na área do emprego, recolocamos mais de 75 mil trabalhadores no mercado formal. Em parceria com a Sanepar, implantamos o programa Caixa D’ Água Boa, que está beneficiando 5.500 famílias que não tinham o equipamento em casa. É um trabalho gigantesco, há dezenas de outras ações importantes acontecendo.

“Nosso governo vê os empresários como parceiros, não como inimigos, essa é a diferença.”

Em que medida a aproximação do governo com os empresários tem apoiado os projetos de qualificação profissional e geração de emprego e renda no estado?
Nosso governo vê os empresários como parceiros, não como inimigos, essa é a grande diferença. O líder de toda a equipe, o Ratinho Jr., não admite que os órgãos públicos criem dificuldades para vender facilidades, como já se viu muito no passado aqui no nosso estado. Então, os empresários hoje são nossos parceiros, há segurança jurídica no estado, o governador tem atraído indústrias e investimentos e, evidentemente, isso é fundamental para a geração de oportunidades de emprego.

Existe expectativa de você ser candidato a prefeito novamente?
Dizem que pretensão e água benta cada um toma o quanto quer (risos), mas existe sim uma possibilidade bem grande de estarmos na disputa neste ano.

Qual mensagem você deixa para nossos queridos paranaenses?
Os paranaenses podem confiar que o estado está no caminho certo e que este governo é formado por pessoas honestas, que querem o melhor para todos. Mas, acima de tudo, eu gostaria que cada um dos paranaenses se transformasse em um agente do bem. Um governo só não faz nada sozinho. Estender a mão ao próximo é um dever de cada um de nós como cidadãos.

*Matéria originalmente publicada na edição #232 da revista TOPVIEW. 

In this article


Join the Conversation