Syonara Thomé: construindo novos conceitos

Syonara Thomé: construindo novos conceitos

Sócia-diretora de uma das mais importantes construtoras de alto padrão do Sul do Brasil, ela se orgulha por ter trazido um olhar feminino para a engenharia

526 0
Compartilhe

Décadas atrás, ao entrar em sala, no primeiro dia de aula do curso de engenharia civil, Syonara Thomé se deparou com apenas três outras mulheres na turma. A sensação, segundo ela, foi de que seria difícil figurar entre os engenheiros mais bem-sucedidos da sua geração. Mas o resultado dessa jornada foi muito diferente e já se pode dizer, sem dúvida, que ela está entre os profissionais de maior sucesso daquela turma.

Sócia-diretora da Greenwood, uma das mais importantes construtoras de alto padrão do Sul do Brasil, com cerca de 500 casas construídas, Syonara se orgulha por ter trazido um olhar feminino para a engenharia e, principalmente, ter feito disso um diferencial, privilegiando alta arquitetura e técnicas de ponta. “Sinto nos meus clientes uma segurança maior por terem uma mulher à frente do trabalho. Mais que isso. Percebo uma demanda motivada por esse diferencial, especialmente em projetos residenciais, tendo em vista que dentro das famílias a opinião feminina é muito importante na tomada de decisão.”

“Lutem por sua independência, sua carreira, sua autonomia financeira. É isso que te dará força e liberdade (…)”

Syonara é sócia do marido, o empresário Maurício Thomé Beira da Silva. Mas, ao contrário do que muitos pensam, é ela quem está à frente das obras. “O Maurício é o diretor financeiro da empresa, além de meu grande parceiro e apoiador. Complementamos nossas habilidades de forma incrível e vem daí o sucesso da Greenwood.” Com eles, trabalha uma série de arquitetos de renome, como Arthur Casas e Marcos Bertoldi.

O início da carreira não foi fácil. Ela relata uma série de dificuldades que surgiram no relacionamento com mestres de obras e fornecedores que nunca tinham trabalhado com mulheres antes. Hoje, Syonara tem uma equipe com 50% de mulheres em várias funções. Mas ainda sonha com o aumento da participação feminina nas mais variadas etapas da construção. Sua filha, Carolina, está no segundo ano de engenharia civil e já atua na empresa, assim como o irmão, Pedro, aluno do quarto ano do mesmo curso.

Ao contrário dos filhos, Syonara não nasceu em uma família de engenheiros. Mas foi justamente outra mulher, sua mãe, Jucelia Thomé, quem a incentivou a mergulhar fundo nessa área, tendo em vista suas incríveis habilidades com cálculo. “Algo que minha mãe me ensinou e que passo para minha filha e todas as jovens mulheres com quem convivo é: lutem por sua independência, sua carreira, sua autonomia financeira. É isso que te dará força e liberdade para seguir os caminhos que desejar.”

*Matéria escrita por Bianca Smolarek e publicada originalmente na edição 221 da revista TOPVIEW.

Neste Artigo


Converse com a Gente