PODER

Príncipe Charles assume mais uma das posições reais do irmão Andrew

O príncipe Charles assumiu o papel do príncipe Andrew como patrono da Royal Philharmonic Orchestra

Desde que o Príncipe Andrew, 61, se envolveu no escândalo sexual de Jeffrey Epstein, ele foi mantido longe de todas as responsabilidades reais. Em anúncio feito na última quarta-feira (28), o pai das princesas Eugenie e Beatrice acaba de perder uma das poucas honrarias lhe restavam: a de patrono da The Royal Philharmonic Orchestra, a Orquestra Filarmônica Real do Reino Unido.

A entidade fundada em 1946 divulgou que a posição agora pertence ao Príncipe Charles, 72, e sequer mencionou o antecessor dele no comunicado que divulgou para a imprensa.

“O Príncipe de Gales tem uma associação ao longo da vida com as Artes. Durante a pandemia, Sua Alteza Real falou sobre a importância de proteger as Artes, enfatizando sua enorme importância para a vida no Reino Unido e para a economia “, acrescentou o comunicado.

Este é o segundo patrocínio que Charles, recebe de seu irmão mais novo. Em novembro passado, ele assumiu o patrocínio da Catedral do Ministro de York. Isso foi feito sem nenhum anúncio oficial, mas foi discretamente anotado no site da família real.

Deixe um comentário