PODER PERSONALIDADES

Príncipe Harry e Meghan Markle gastam R$46 mil por dia com serviços de segurança privada

O Jubileu de Platina da rainha Elizabeth II é um dos assuntos mais comentados no mundo durante esta semana, e as celebrações dos 70 anos da monarca ainda serão marcadas por grandes eventos. Mas, outro assunto que envolve a família real e está em alta no momento são os serviços de segurança escolhidos pelo príncipe Harry e a atriz Meghan Markle. Após o afastamento oficial da monarquia em 2020, ambos perderam o auxílio que tinham da polícia britânica.

LEIA TAMBÉM: Fofura! Filha do príncipe Harry e Meghan Markle ganha ‘foto oficial’

No mesmo ano, o casal se mudou para o Canadá, mas o país se recusou a arcar com os custos de segurança ao duque e a duquesa a época. Isso gerou muitos comentários, pois a presença de ambos fez uma enorme diferença na economia local. Eles impulsionaram cerca de US$28 milhões ao país. Na ocasião, eram reconhecidos como Pessoas Protegidas Internacionalmente e o Canadá tinha a obrigação de fornecer a assistência necessária.

Recentemente, o casal firmou contrato com uma empresa especializada, cujos valores são de R$46 mil reais por dia de serviço. Trazendo para a nossa realidade, em um mês, o casal gasta quase o valor total do prêmio do BBB, apenas com segurança. Mark Pugachev, CEO da FSOguard Security Service USA, empresa líder em segurança privada de luxo da Califórnia, conta que a escolha foi a mais acertada. Afinal, apesar do afastamento, eles pertencem à família real. Os riscos de sequestros, assaltos, atentados e outras situações extremamente violentas são verdadeiros e a probabilidade é alta.

A segurança privada tem o objetivo de proteger e analisar com antecedência tudo o que pode ocorrer contra a vida dos seus clientes, por isso ela é tão importante. Pugachev ainda esclarece que existe um acordo de confidencialidade entre os funcionários e contratantes para que nenhuma informação sigilosa seja divulgada erroneamente.

“Como qualquer outra empresa, temos um acordo de confidencialidade. Muitas pessoas famosas não querem que seus nomes sejam divulgados. Então temos que operar secreta e discretamente. Nossos vigilantes também recebem treinamento e orientações éticas que devem seguir com todos os clientes, sem exceção”, relata.

Vale lembrar que Harry e Meghan pensam da mesma maneira que inúmeros famosos. Grandes nomes como Rihanna, Lady Gaga, Harry Styles e Angelina Jolie não dispensam esses serviços e prezam pela proteção das suas famílias. A rainha do pop Beyoncé, por exemplo, investe cerca de US$4 milhões por ano.

Deixe um comentário