PODER

NFTs representam novas oportunidades para o mercado de luxo

Marvin Akbari, consultor empresarial e especialista em marketing, discorre sobre o novo cenário comercial contemporâneo que tem sido alterado pelas NFT

Nas últimas semanas, um dos assuntos que mais se tem falado são as NFTs, ou non-fungible tokens, um certificado de propriedade que não pode ser substituído, dividido ou compartilhado. A garantia desta propriedade é feita por uma rede de computadores denominada blockchain. Obras famosas como as do artista Pablo Picasso, foram incluídas no mercado e abalaram as concepções de venda e compra em todo o mundo. Quando se pensa no mercado de luxo, é fácil compreender que um dos pilares que o sustenta é a exclusividade, portanto, pode parecer que, em um primeiro momento, o luxo e o digital não são compatíveis, já que o mundo online é um sinônimo de acessibilidade.

Porém, este é um mercado que se popularizou rapidamente e somente nos últimos 4 meses de 2021, já movimentou mais de 10 bilhões de dólares. “A evolução cada vez mais rápida do mundo online que estamos vivendo, está trazendo novas oportunidades”, afirma Marvin Akbari, consultor empresarial e especialista em marketing.

Para ele, as NFTs são uma oportunidade de negócio para o mercado de luxo, pois proporcionam a possibilidade de produtos digitais serem criados por essas marcas. A ideia seria algo parecido com o que já aconteceu com a marca Gucci, ao criar um tênis exclusivo virtual, sendo vendido a R$ 50 reais. “Isso abriu e está abrindo portas para marcas de luxo criarem e comercializarem itens no digital, garantindo sua autenticidade por serem NFTs”, explica o especialista.

De acordo com Marvin, as NFTs promovem uma perfeita união entre a exclusividade do mercado de luxo e a acessibilidade tão característica do mundo digital. “ O preço é feito a partir do valor da marca e raridade daquele produto e o custo é baixo,  por ser um item digital e não físico”, pontua.

Deixe um comentário