Fã mirim dos Beatles sonha em cantar com Paul Mccartney - TOPVIEW

MINI BEATLES? Fã da banda – de apenas 6 anos – sonha em cantar com Paul McCartney

Gustavo Saldanha canta várias músicas do quarteto e ainda arrisca a tocar alguns instrumentos - algo jamais visto para a idade

1241 0
Compartilhe

É comum saber cantar algumas músicas dos Beatles. Quem toca algum instrumento normalmente sabe alguns acordes dos clássicos. A Beatlemania é forte e pode até parecer estranho quem não saiba alguma coisa sobre o quarteto de Liverpool. Prestes a fazer 50 anos da separação da banda (é, você NÃO leu errado), a banda segue colecionando uma legião de Beatlemaníacos! Inclusive crianças que não chegaram nem perto de acompanhar os tempos áureos da banda.

É o caso de Gustavo Saldanha, um menino paulista de apenas seis anos. E é aí que a história muda de posição. Iniciando o processo de alfabetização agora, o pequeno já canta DOZE MÚSICAS completas da banda – além de trechos de várias outras, sabe a ordem de todos os CDs e das faixas em cada um deles. Aqui vale lembrar que as músicas são em inglês, e Gustavo canta perfeitamente, sílaba por sílaba, mesmo com a pouca idade.

Gustavo já canta 12 músicas completas do Beatles. (Foto: Catia Herrera e Marcelo Vita).

Por não saber ler em inglês com perfeição, Gustavo passa seu tempo livre escutando os hits da sua banda favorita. Será que o ouvidinho dele é aguçado?! O amor é tanto que seu maior sonho não poderia ser outro: conhecer seu ídolo, Sir Paul McCartney!

Paixão inusitada

Quando vemos histórias de crianças com um amor precoce tão forte, logo imaginamos a influência dos pais por trás, certo? Não neste caso. Tudo começou com uma apresentação em homenagem ao Dia das Mães na escola. As crianças passaram semanas ensaiando cinco músicas para o dia do show. E foi aí que o bichinho dos Beatles mordeu de vez Gustavo.

Será que Gustavo é fã de Paul Mccartney? (Foto: Arquivo pessoal).

Não bastava o contato que teve com a banda na escola, em abril de 2018. Ele chegava em casa e pedia para os pais colocarem as músicas dos Beatles para ele ouvir. A ansiedade e emoção foram grandes, mas nem tudo sairia perfeito. Como em um filme, que no momento que mais se espera algo controverso acontecer, o momento de rockstar de Gustavo não foi como ele imaginava. Na semana da apresentação, ele foi internado com complicações no exame do Líquor e, após muita insistência, conseguiu ser liberado pelos médicos para participar da homenagem com uma condição: ele tinha que ficar deitado.

Pode parecer pouca coisa, mas o incidente afetou Gustavo, que teve naqueles ensaios uma descoberta de amor não pela música, mas especificamente pelos Beatles. Os pais acharam que, após a apresentação, ele esqueceria a banda e passaria para outro interesse momentâneo, como qualquer criança. Mas não.

Presença garantida

Neste – quase – um ano de amor pelos Beatles, Gustavo já soma números interessantes. Além das 12 músicas completas e dos outros 40 trechos, ele já foi em mais de 30 shows de bandas que fazem covers do quarteto – e inclusive até já mostrou seu talento no palco, como exemplo, com as bandas Submarino Amarelo e Hey Jude! Para completar, ele tem 3 figurinos característicos da banda. E os números não acabam: seu carisma ao cantar e tocar instrumentos de brinquedos não poderiam ficar dentro de casa. Por isso, desde setembro, seus pais compartilham tudo em um perfil no Instagram, que soma mais de 4mil seguidores, entre bandas cover nacionais e internacionais e o fã clube Revolution, um dos maiores da América Latina e um dos grandes incentivadores do talento do Gustavo.

Falando em instrumentos, ele arrisca na gaita, no piano (onde toca algumas notas de Yellow Submarine) e na guitarra, objeto que começou a aprender a tocar há um mês. Mas o seu preferido mesmo é o baixo, instrumento tocado pelo seu Beatle favorito: Sir Paul McCartney. Inclusive, o menino – que é destro – insiste em tocar seu baixo Hofner feito de papelão do lado oposto, assim como seu ídolo, que é canhoto.

Vida de mini Beatle

Será que uma paixão tão forte assim não atrapalha o desenvolvimento de uma criança? Segundo Luciane, sua mãe, isso pouco afeta sua rotina. Ele frequenta a escola e, em seu tempo livre em casa, ele brinca de Beatles. Como ele não deixa suas obrigações de lado, o lazer e momento de descontração com o quarteto é incentivado pelos pais. A rotina muda quando acontecem os shows, que normalmente são durante a semana e tarde da noite. Ele dorme durante a tarde para aproveitar os momentos da cultura Beatle. E ele é afiado quando se trata dos ídolos: sabe os trejeitos dos integrantes, gosta de objetos usados por eles e não gosta muito quando não levam a sério a história da banda.

 
 
 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Não poderia ter havido melhor surpresa do que essa ao final de um show tão maravilhoso…muito obrigado @judeoficial por ter me convidado para cantar ao lado dos meus ídolos. A alegria que vocês me proporcionaram hoje ajudou ainda mais a curar a tristeza de não poder ver o show do Sir @paulmccartney . Foi sensacional poder estar ao lado de representantes dos Beatles tão especiais e talentosos como vocês! Muito obrigado mais uma vez! Vídeo completo no IGTV e no meu canal do YouTube ?❤️?? ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ There could not have been a better surprise than this at the end of such a wonderful show … thank you very much @ judeoficial for inviting me to sing alongside my idols. The joy that you have given me today helped even more to cure the sadness of not being able to see @paulmccartney’s show. It was sensational to be with Beatles representatives as special and talented as you! Thank you so much again! Full version on IGTV and on my Youtube channel ?❤️?? ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀#thebeatles #beatlestribute #judeoficial #paulmccartney #johnlennon #georgeharrison #ringostarr #thefabfour #rooftop #talented_musicians

Uma publicação compartilhada por The Gustavo (@beatles_alltogethernow) em

Este estudo diário feito aos pouquinhos fez com que o garoto tivesse uma ideia brilhante para seu aniversário de seis anos, em fevereiro de 2019. Qual seria o tema da festa? Beatles!

E foi o seu dia de brilhar. Ao invés de brincar com os amiguinhos, ele passou TRÊS HORAS no palco com a banda cover Beatles4ever, a mais antiga do Brasil, que se apresentou na comemoração passando por todas as fases. E o verdadeiro show contou com vários hits, troca de figurino e muita música com os instrumentos – que, mesmo não sendo de verdade, Gustavo sabe quais fazem parte de cada faixa. Isso sem falar na e decoração minuciosamente estudada pela equipe responsável pela festa! E ele já pensa na próxima comemoração, já que tem o desejo de cantar com todas as bandas que admira.

Mesmo com toda essa paixão, o pequeno ainda não mostra interesse em seguir carreira musical, até porque seu interesse é bem específico pelos Beatles. Mas que ele leva jeito, ele leva! Tanto que já está sendo convidado para participais de shows especiais! Se agora ele já arrasa, imagina quando crescer um pouquinho?

In this article


Join the Conversation