Mercado de ações: conheça as cinco maiores Bolsas de Valores do mundo - TOPVIEW

Mercado de ações: conheça as cinco maiores Bolsas de Valores do mundo

Rodolfo Baggio, sócio da Allez Invest, apresenta as características e principais empresas em cada uma delas

Compartilhe

Quem nunca assistiu a um filme com aquela cena típica de gritaria, papéis para todos os lados, números inconstantes nas enormes telas e negociações acontecendo a todo o momento? Pois bem, a Bolsa de Valores, presente em diversos cantos do mundo, é a instituição que faz a mediação no mercado de capitais, ou seja, é o ambiente onde ocorrem as vendas e compras de ações das empresas — de forma segura e transparente.

A seguir, Rodolfo Baggio, sócio da boutique de investimentos Allez Invest, apresenta as características das cinco maiores Bolsas de Valores mundiais. Confira!

NOVA YORK
Fundada em 1792 e localizada em Wall Street, o principal centro financeiro global, a New York Stock Exchange (NYSE) é a Bolsa de Valores mais antiga dos Estados Unidos, bem como a principal do mercado de valores do mundo. Os índices do mercado de ações da NYSE são acompanhados diariamente por todo o mundo e, para se ter noção da sua grandiosidade, são mais de 21 trilhões de dólares em valor de mercado, e por isso considerada como a maior Bolsa. São, aproximadamente, 2.700 empresas listadas, entre elas, estão: o JP Morgan, a Visa Inc, o Walmart e a Coca-Cola. Também há empresas brasileiras na lista, como a Petrobras, Gol Linhas Aéreas Inteligentes e Gafisa.

“A Bolsa que está no topo da lista mundial é voltada para empresas mais tradicionais no mercado financeiro. Predominantemente, encontramos ações de instituições bancárias, petrolíferas e mineradoras, por exemplo. Devido a sua composição de ativos, ela é considerada menos volátil, se comparada a Nasdaq”, acrescenta o sócio da Allez.

Conhecida por reunir ações de grandes companhias de tecnologia, telecomunicações, biotecnologia e eletrônica, a National Association of Securities Dealers Automated Quotations (Nasdaq) pertence ao conglomerado NASDAQ OMX Group, que também controla outras oito bolsas de valores localizadas nos países nórdicos da Europa. O índice Nasdaq Composite é o principal índice de ações da bolsa eletrônica americana. Além disso, são mais de sete trilhões de dólares em valor de mercado e mais de três mil empresas listadas. Uma curiosidade legal é que, desde a sua inauguração, a bolsa utiliza meios como telefone e telégrafo, e não o sistema de pregão viva-voz, que tanto aparece nos filmes. Milhares de empresas pertencentes à nova economia estão listadas nela, tais como Apple, Starbucks, Facebook, Amazon e Netflix.

Segundo Rodolfo Baggio, a Nasdaq também é a primeira colocada no ranking mundial, quando o assunto é negociação diária. “Apesar da NYSE ser a maior bolsa de valores em termo de capitalização, ela acaba perdendo para a bolsa de Nasdaq em termos de volume de negociação, que gira em torno de 1,8 bilhões de operações diárias”, pontua.

LONDRES
Bolsa de Valores de Londres (LSE) é a principal do Reino Unido e a terceiro do mundo. Foi fundada em 1801 e é composta pelas ações das maiores empresas britânicas. Seus principais índices são o FTSE 100 Index, FSTE 250 Index e FTSE 350 Index, também apelidados de Footsie. A LSE é avaliada em seis trilhões de dólares em valor de mercado e agrega mais de três mil empresas listadas. Algumas das companhias mais importantes são HSBC, Unilever e Royal Dutch Shell.

SHANGHAI
Bolsa de Valores da China (SSE), fundada em 1990, é gerenciada pela China Securities Regulatory Comission (CSRC), de acordo com os princípios de supervisão, legislação, padronização e regulação dos mercados asiáticos. Seu indicador mais importante é o SSE 180.

São 30 anos de existência, seis trilhões de dólares em valor de mercado e aproximadamente mil empresas listadas. “Na China, as principais empresas listadas na Bolsa estão no segmento de construção civil, gestão imobiliária e comércio online”, acrescenta Rodolfo. 

TOKYO
TSE (Tōkyō Shōken Torihikijo) foi a primeira bolsa do mundo a abrir diariamente e uma das primeiras instituições do setor, sendo fundada em 1878. Em 2012, passou por uma fusão com o mercado de ações de Osaka, surgindo, assim, o Japan Exchange Group.

Falando em termos gerais a TSE possui mais de duas mil empresas listadas, cinco trilhões de dólares em valor de mercado e 142 anos de existência. A lista de companhias cotadas na TSE possui gigantes como Mitsubishi, Honda e Toyota.

SÃO PAULO – B3
Apesar de não estar entre as cinco maiores Bolsas do mundo, a B3 (Brasil, Bolsa e Balcão), localizada em São Paulo, surgiu em 1890, conta com 824 bilhões de dólares em valor de mercado estimado, 130 anos de existência e em torno de 400 empresas listadas.

Nos últimos anos, a B3 vem se valorizando e crescendo em número de investidores. Com uma cultura financeira em crescimento no país, a Bolsa atingiu, recentemente, mais de três milhões de pessoas físicas.  No Brasil, assim como em outros países em desenvolvimento, a Bolsa mostra como está a economia da nação, através de seu índice, neste caso o Ibovespa.

“É por isso que a quantidade de investidores e os resultados do Ibovespa, como o que alcançamos recentemente de 120 mil pontos, mostram que a economia do país pode crescer e se valorizar em relação a outros países desenvolvidos. Se um país cresce, sua bolsa de valores também cresce”, finaliza o especialista em mercado financeiro.

Este conteúdo é produzido por TVBC

 
In this article

Join the Conversation