"A maior forma de aprendizado é a experiência", diz João Baggio

“A maior forma de aprendizado é a experiência”, diz mentor do Projeto Jovem Empresário

O diretor de engenharia da Construtora Baggio enfatiza a importância da troca de experiências proporcionada pelo Projeto Jovem Empresário

617 0
Compartilhe
joao baggio mentor projeto joves empresarios
 

João Baggio é engenheiro civil e diretor de engenharia na Construtora Baggio. Apesar de ter fundado sua trajetória no ramo da construção, ele também investiu seu tempo e dedicou sua carreira a outros empreendimentos. Como todo empresário, possui uma rotina cheia de compromissos, mas nunca deixa de contribuir com o ecossistema empreendedor.

Mentor do Projeto Jovem Empresário, João deixa claro quais são os dois pontos fundamentais que norteiam o seu trabalho com os jovens empreendedores. O primeiro é o lado pessoal, que o conecta com o tema empreendedorismo. Para ele, trata-se de um assunto guiado por aquelas pessoas que gostam de sair do padrão, de iniciar algo novo, que veem o que ninguém vê.

São aqueles que saem da área do sonho e partem para a área da ação. O segundo ponto é um lado social, que visualiza o nosso país como um
ambiente que ainda investe e estimula muito pouco essa área. Então, por estar empreendendo a todo momento e saber dessas dificuldades, João se sente realizado ajudando pessoas que estão no mesmo contexto. “Como Einstein dizia: a maior forma de aprendizado é a experiência”, comenta João.

“Hoje é mais fácil fazer uma startup ou fundar um negócio do que antigamente”

Por ter a oportunidade de estar nesse contexto já há muito tempo, poder trocar experiências e aprendizados com aqueles que estão no mesmo caminho tem muito valor para quem está começando. Para João, o trabalho colaborativo, principalmente no empreendedorismo, deve ser um referencial: “A experiência e, portanto, sua troca, é o bem mais valioso que um empreendedor pode possuir na fase inicial de seu negócio”.

Em contato com vários empreendedores, sempre haverá um que pode ter passado pela mesma situação e assim por diante. Segundo ele, o Projeto Jovem Empresário é um grupo colaborativo agregando de forma contínua no processo. “Queria eu ter tido uma oportunidade como essa”, brinca. Para João, o empreendedorismo se tornou um assunto bem mais agradável de se lidar no país, principalmente com o advento das novas tecnologias que transbordam dia a dia. “Hoje é mais fácil fazer uma startup ou fundar um negócio do que antigamente”, afirma. Isto se deve tanto pela facilidade de crédito quanto pela quantidade de informações interconectadas que estão disponíveis.

Para o futuro, João reserva esperanças e expectativas muito boas: “O caminho está mais asfaltado para aqueles que querem empreender e isso é muito bom para a sociedade, pois gera empregos, mudanças, novas tecnologias e assim por diante”. É com a participação de mentores como esse que o Projeto Jovem Empresário reúne diversos atores do ecossistema empreendedor em torno de um propósito: criar a maior comunidade empreendedora do Brasil.

*Matéria originalmente publicada na edição 223 da revista TOPVIEW.

Leia mais:

De hambúrguer gourmet a mobiliário de alto padrão: a incrível trajetória de Leandro Lorca

Neste Artigo


Converse com a Gente