Jayme Bernardo e Glei Tomazi apresentam França Imperial! - TOPVIEW

Jayme Bernardo e Glei Tomazi apresentam a “França Imperial” na Mostra Artefacto Curitiba 2019!

O espaço conta com diversas peças de Napoleão do acervo pessoal de Jayme Bernardo

Compartilhe

Um pedacinho da França direto para a capital paranaense! Essa é a sensação de quem visita o ambiente dos arquitetos Jayme Bernardo e Glei Tomazi na Mostra Artefacto Curitiba 2019. Inspirados pela temática da arte clássica francesa, os profissionais apresentam um ambiente com experiências visuais e sonoras que faz qualquer um se sentir na França!

Denominado “França Imperial”, o ambiente de 82m² traz diversas peças de Napoleão do acervo pessoal de Jayme, que é colecionador da figura napoleônica; além de imagens reais tiradas direto da França pela fotógrafa e jornalista Ana Clara Garmendia. “Parte do teto do ambiente foi revestido com a imagem do teto da sala Napoleônica do Museu do Louvre e diversas imagens da família de Napoleão também foram fotografas e colocadas em grandes painéis nas paredes do ambiente”, explicam os arquitetos. Para explorar ainda mais a visão, um grande painel iluminado no fundo aquece o ambiente e traz o aspecto cênico para as peças expostas.   

A experiência sonora do espaço é completa com uma trilha escolhida a dedo por Jayme Bernardo composta por músicas clássicas francesas. “O som ambiente faz parte do tema e reforça a importância de um fundo musical para compor o espaço”, comenta Glei Tomazi. Para as poltronas, cores fortes como o dourado, tonalidades cinzas na parede, texturas marcadas nos tecidos e materiais quentes como metais com acabamento dourado, madeira e inox.

Entre os destaques de mobiliários estão a coluna de jantar Poiret, as poltronas Library II, revestidas no tecido dourado que remete ao tema, a mesa Corozo, o sofá Maddox, a estante Maurice, os aparadores RIO e Hayden, a cadeira Giorgio, a bandeja Ethro, a mesa de centro Eduardo e as mesas laterais Fit e Cero.

Ficou curios@ para conhecer? A partir de agora o espaço está aberto para visitação e pode ser visto pelo público pelos próximos três meses na Artefacto Curitiba! 

In this article

Join the Conversation