PODER

Heloisa Garrett, presidente do LIDE é convidada para integrar Conselho Empresarial da Arábia Saudita

LIDE Paraná e CICIBAS ampliam parceria entre entidade visando atração de negócios e aumento das exportações paranaenses

O fortalecimento das relações comerciais e a troca de tecnologias entre Paraná e Arábia Saudita seguem em ritmo acelerado e se intensificarão a partir de agora com a formalização da aproximação entre LIDE Paraná e CICIBAS (Centro de Investimento, Comércio e Indústria Brasil – Arábia Saudita). A presidente do LIDE Paraná, Heloisa Garrett, foi convidada a integrar o conselho empresarial da entidade pelo diretor de BI (Business Intelligence) do CICIBAS, Marcos Urata, em reunião realizada no dia 13 de julho, na Casa LIDE, em Curitiba.

“Fizemos um convite oficial para que ela possa integrar o nosso conselho empresarial da CICIBAS a fim de estreitar o relacionamento com Arábia Saudita. O objetivo é ampliar a representação estratégica nos assuntos de internacionalização e atração de investimentos sauditas e fortalecimento das exportações do Paraná”, explicou Urata.

No mesmo encontro, a presidente do LIDE Paraná convidou o CICIBAS a ser um dos patrocinadores da Casa Lide. “Entendemos que isso não só contribui no estreitamento do relacionamento com a Arábia Saudita e as exportações, mas também no fortalecimento da Visão 2030 favorecendo ainda mais a transferência de tecnologia entre os dois países”, acrescentou.

O Visão 2030 engloba um conjunto de ações que já sustentam uma média de crescimento de 4% ao ano, registrada nos últimos sete anos pelo país. No Visão 2030 foi desenhada uma transição da economia da Arábia Saudita para a era pós-petróleo a partir de investimentos em inovação, energia renovável, segurança alimentar e diversificação econômica.

O Reino Saudita é considerado o epicentro do comércio e grande porta de entrada para o mundo árabe e islâmico. E as duas entidades estarão presentes, no próximo mês, no evento virtual multissetorial Expo Arábia Saudita, entre os dias  03 e 05 de agosto. A organização tem a expectativa de receber mais de 60 mil empresas por dia para discutir oportunidades nos segmentos de agronegócios, energia e gás, automotivo, transporte, agroindústria, biotecnologia, medicamentos, bens de consumo, entre outros.

“Trata-se de uma oportunidade para os empresários terem acesso a investimentos do Fundo Soberano da Arábia Saudita e fundos sauditas às empresas paranaenses”, destacou Heloisa.

Deixe um comentário