PODER

Curitiba é eleita cidade mais empreendedora do Brasil

Curitiba iniciou o mês de setembro com mais um reconhecimento: a cidade foi eleita a mais empreendedora do Brasil, segundo o Ranking Connect Smarted Cities 2021, divulgado na manhã desta quarta-feira (1º), em São Paulo (SP).

O ranking, maior estudo de cidades no Brasil, foi apresentado durante o fórum Connected Smart Cities & Mobility, transmitido on-line. Elaborado pela empresa de consultoria Urban Systems, o estudo tem como objetivo definir as cidades com maior potencial de desenvolvimento do país. Mais uma vez, Curitiba foi destaque entre os 677 municípios avaliados.

A capital paranaense foi destaque em mais duas categorias do Ranking Connected Smart Cities. Pelo terceiro ano consecutivo, a cidade ficou com o primeiro lugar na categoria Urbanismo. Além disso, ficou em 3º lugar no ranking geral, “Smart Cities”, que elege as cidades mais inteligentes e conectadas do Brasil, mantendo-se entre as três cidades melhor ranqueadas na avaliação geral desde primeira edição do ranking, em 2015.

“Este prêmio reforça que Curitiba está no caminho certo, como propostas que dão suporte ao empreendedor e que também promovem a aceleração da economia. Com o Vale do Pinhão, a Prefeitura uniu startups, universidades, entidades de fomento, empresas e empreendedores num afinado ecossistema de inovação e para promover o crescimento econômico sustentável da cidade”, disse o prefeito Rafael Greca.

“O ranking geral demonstra também que Curitiba trabalha com o desenvolvimento integral e sustentável da cidade”, completou.

Nesta sétima edição do ranking, foram mapeados todos os 677 municípios com mais de 50 mil habitantes, avaliados 75 indicadores, divididos em 11 eixos: mobilidade, urbanismo, meio ambiente, energia, tecnologia e inovação, economia, educação, saúde, segurança, empreendedorismo e governança.

Veja aqui as principais ações de Curitiba na área do empreendedorismo

Empreendedorismo de resultados
Entre essas iniciativas, está o recorde de 30.244 novos empregos com carteira assinada de janeiro a julho – o maior desde 2003. Curitiba foi, também, a capital com terceiro menor tempo de abertura de empresas no País, com apenas 29 horas (1 dia e 5 horas), no primeiro quadrimestre de 2021.

A capital paranaense tornou-se líder em empreendedorismo, desbancando a cidade do Rio de Janeiro (RJ), que venceu esse eixo nas últimas três edições do ranking.

A mobilização dos agentes do Vale do Pinhão em apoio a quem assumiu o desafio de empreender se reflete nos resultados do ranking: a cidade saltou do quinto lugar em 2020 para a primeira colocação em 2021 na categoria “Empreendedorismo”, desbancando a cidade do Rio de Janeiro (RJ), que venceu esse eixo nas últimas três edições do ranking.

As ações desenvolvidas visam estimular o empreendedor a adotar soluções inovadoras e economicamente sustentáveis para alavancar vendas, conquistar e fidelizar clientes, melhorar processos, inserir-se no mercado on-line e até repensar o modelo de gestão.

Segundo o vice-prefeito Eduardo Pimentel, que representou o prefeito Rafael Greca na premiação em São Paulo, o ranking confirma que Curitiba segue mostrando seu DNA inovador.

“Curitiba busca continuamente e cada vez mais levar ao cidadão as melhores condições de qualidade de vida, em todas as áreas, estimulando o protagonismo e fomentando um ecossistema que funcione em favor da população”, disse Pimentel. “Essa premiação é um reconhecimento de que a cidade está no caminho certo.”

Entre as iniciativas em favor dos empreendedorismo curitibano, estão a criação dos primeiros coworkings públicos do país; a retomada ou criação de programas municipais de fomento e capacitação como Tecnoparque, Empreendedora Curitiba, Bom Negócio e 1º Empregotech; a desburocratização da abertura de empresas; a criação da Lei de Inovação de Curitiba; a ampliação da rede de Espaços Empreendedor de Curitiba; e a abertura do primeiro Fab Lab público do país.

Os resultados de Curitiba em Empreendedorismo e Urbanismo foram destaque no jornal O Estado de S.Paulo desta quarta-feira, que produziu cobertura especial sobre o prêmio.

 

* Com informações da Prefeitura de Curitiba

Deixe um comentário