Coluna: A beleza e a arte de se reinventar - TOPVIEW

A beleza e a arte de se reinventar

A dermatologista Fabiana Mendes Nolla dá dicas valiosas para nos reinventarmos mesmo estando em casa

201 0
Compartilhe

Vivemos tempos de incerteza, medo e distância física. Mas, em meio a tudo isso, temos visto muitas atitudes de generosidade, amor e cuidado ao próximo. Na rotina profissional, não foi diferente. Vimos clínicas sendo fechadas e tratamentos adiados e trocamos nossos consultórios pelo home office.

Mesmo com tanta coisa mudando ao mesmo tempo, uma coisa é fato: temos evoluído e melhorado a nossa forma de encarar o mundo e seus desafios. Sabemos que em algum momento tudo isso vai passar. O coronavírus vai embora e, disso tudo, ficarão as lições que aprendemos durante a quarentena. Entre elas, podemos citar a importância do auto-cuidado e do amor-próprio, mas não de maneira fugaz e superficial e, sim, como uma forma de nos mantermos bem com nós mesmos e de cuidar do que mais importa: nossa saúde e nosso bem-estar físico e emocional.

Sendo assim, a dermatologia, mais do que nunca, pode e deve ser uma grande aliada nesse momento. Valorizando a beleza individual de cada um, buscamos, mesmo que de longe, inspirar cuidados e informar de forma cuidadosa, fazendo uso das tecnologias para manter a autoestima de nossos pacientes lá em cima.

(Foto: Lígia Lagos).

Podemos dizer, ainda, que a dermatologia é a arte de ressaltar a beleza que já existe em cada pessoa. Por isso, retomamos os atendimentos na clínica no Dia Mundial da Saúde, 7 de abril, mas seguindo rigorosamente todas as políticas de higiene e limpeza. Nosso trabalho só faz sentido se realizado com segurança, para preservar a saúde dos clientes e da equipe. É esse o nosso norte nesse momento delicado.

Mesmo em casa, os cuidados com a pele podem ser terapêuticos durante essa temporada. Que tal fazer um “dia de beleza” com a sua filha? Ou, então, um “desafio de make” virtual com as amigas? Tudo isso, por mais simples que seja, pode elevar não só a autoestima como também o humor e a alegria das pessoas que amamos e que, nesse momento, estão distantes de nós.

Além disso, vale ressaltar a importância do “solzinho” diário, para manter em dia a vitamina D e, de quebra, aproveitar para contemplar o céu e tudo aquilo que a natureza nos oferece diariamente e que, na maioria das vezes, com a correria dos dias “normais”, não tínhamos tempo para observar.

Vale aproveitar, ainda, para olhar para tudo aquilo e todos aqueles que estão próximos de nós e que muitas vezes não notamos. Que tal dar uma chance a um produto daquela marca nacional ou local que você sempre deixou para depois? Valorize marcas brasileiras.

(Foto: Lígia Lagos).

A pandemia da Covid-19 trouxe grandes impactos à economia do país e as empresas vão precisar de apoio para passar por esse momento e resistir no mercado. Opte por produtos e marcas daqui, da nossa terra. Mais do que nunca, é o momento de “darmos as mãos”, mesmo de longe, e avançar.

Quanto a nós, continuamos aqui, com a certeza de que a pande-mia do novo coronavírus vai passar. Sabemos que são tempos desafiadores, mas todo dia é uma nova oportunidade de nos reinventarmos enquanto indivíduos e profissionais.

(Foto: Lígia Lagos).

Os abraços e apertos de mãos deverão ser adiados, por ora, mas um sorriso não deixa a desejar quando o assunto é afeto e carinho. Que o nosso aconchego chegue a cada um de vocês que recebem esta mensagem, com o mais sincero desejo de dias melhores e mais felizes, bem pertinho daqueles que amamos.

*com a colaboração de Patricia Marques

*Coluna originalmente publicada na edição #235 da revista TOPVIEW.

In this article

Join the Conversation