A arte de aromatizar sua casa - TOPVIEW

A arte de aromatizar sua casa

por Érika Busani Entrar em uma casa sutilmente cheirosa é uma delícia. Mas você sabe: alguns minutos depois e, embora ainda esteja lá, o aroma lhe escapa. “Acostuma”,...

759 0

por Érika Busani

Entrar em uma casa sutilmente cheirosa é uma delícia. Mas você sabe: alguns minutos depois e, embora ainda esteja lá, o aroma lhe escapa. “Acostuma”, a gente diz. Pode ser chato, mas isso acontece por um princípio básico do olfato humano, que serve como proteção, chamado acomodação olfativa. Nosso nariz precisa parar de perceber um cheiro para sentir o próximo.

Por isso usar o mesmo aroma na casa toda é, no mínimo, um desperdício. Essa é uma das bases do Workshop Fragrâncias Decorativas, ministrado pela especialista em aromatização de ambientes Sonia Wild, proprietária da Zonna do Aroma, de Londrina. Ela ensina a escolher uma fragrância – ou uma composição delas – para cada cômodo.

A outra é ainda melhor: fragrâncias despertam sensações e, entendendo sobre elas, você pode criar a que desejar. Bom, não? Há ainda uma terceira intenção, que é a de formar uma espécie de “educação olfativa”. “Quando você começa a prestar atenção aos cheiros, vai se educando e refinando seu gosto. Assim, a dosagem de fragrância vai diminuindo, porque o gostoso é sentir os aromas como sentimos na natureza”, diz Sonia. Está explicado aquele “sutilmente cheirosa” na primeira linha deste texto.

 

Como combinar
Escolher e combinar as fragrâncias é uma arte que se aprende com o tempo. Para misturá-las, Sonia indica colocar uma ao lado da outra, “puxar” o ar com as mãos e sentir se a composição funciona. Se agradar, aposte. Se não, descarte. Caso uma se sobreponha à outra, mas o resultado for bom, dose – colocando menos daquela mais forte. E assim você vai desvendando esse mundo tão cheiroso.

 

Os meios
Há diversas maneiras de aromatizar os ambientes. Confira as indicações da especialista:

Varetas aromatizadoras
Dão conta de ambientes pequenos. A desvantagem é que o cheiro será sempre o mesmo.

Sprays
Podem ser borrifados em sofás, cortinas, tapetes, roupa de cama etc. Há dois tipos: com maior ou menor concentração de fragrância. Os com maior concentração perduram mais tempo, os de menor, logo o cheiro desaparece. Como vantagens, a possibilidade de borrifar na hora desejada e a troca de fragrâncias.

Aromatizador elétrico
Há incontáveis modelos e dois tipos: a quente e a frio. Aqui a vantagem é poder desligá-lo quando não se quer mais o cheiro, além de permitir a troca de fragrância.

 

Leia também
Workshop Fragrâncias Decorativas
Perfume, uma história de elevação
Fragrâncias que aquecem, combatem problemas respiratórios e insônia

 

SERVIÇO
Workshop Fragrâncias Decorativas
Realizado uma vez por mês na Central de Apartamentos Decorados da Plaenge de Londrina (ainda sem data para o próximo)
Avenida Madre Leônia Milito, 1700 – Bela Suíça, Londrina
Informações e inscrições (43) 9126-1260

 



Converse com a Gente