Uso de máscara leva a procedimentos estéticos que valorizam a região dos olhos - TOPVIEW

Uso de máscara leva a procedimentos estéticos que valorizam a região dos olhos

Especialista detalha os principais procedimentos

Compartilhe

O uso de máscara chegou por aqui em março deste ano e seguirá sendo acessório obrigatório. Com isso, a região dos olhos ganha destaque e já é motivo para buscas por tratamentos estéticos que valorizem o olhar.

“Procedimentos e cirurgias que favoreçam o terço superior da face, como olhos e testa, é uma tendência que estamos percebendo nesse tempo de Covid-19”, conta Dr. Fernando Amato, cirurgião plástico e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBPC).

A seguir, o especialista detalha as principais cirurgias para a região dos olhos:

  • Toxina Botulínica – Por meio de aplicação, o procedimento reduz e previne o aparecimento de rugas de expressão nos músculos faciais, principalmente nas regiões dos olhos (pés de galinha), testa ou no espaço entre as sobrancelhas. Já é possível notar o efeito a partir do 2º, 3º dia após a aplicação e é recomendado que seja repetida em intervalos entre quatro a seis meses.
  • Blefaroplastia – É a cirurgia plástica das pálpebras. Ela pode ser feita por meio da ressecção de pele em excesso, retirada, reposicionamento e até enxerto de gordura. Pode estar associado a alguma correção de deformidade, entre elas a ptose palpebral.
  • Lifting Frontal – Também conhecido como elevação da testa, o lifting frontal tem como objetivo diminuir as rugas e reposicionar tecidos, principalmente a sobrancelha para harmonização da face. Esse procedimento é indicado para quem está incomodado com as linhas de expressão ou outros sinais de envelhecimento na região superior do rosto. Esse tratamento também pode incluir toxina botulínica, preenchimento e fios de sustentação.
In this article

Join the Conversation