Saiba como combater o envelhecimento - TOPVIEW

Saiba como combater o envelhecimento

A dra. Bettina Sanson lista cinco tratamentos que prometem esconder os indesejáveis sinais do envelhecimento

657 0
Compartilhe

O envelhecimento é um processo contínuo de desgaste na aparência e no funcionamento do corpo, influenciado pela genética e pelos hábitos. A pele é o maior órgão que temos e também o mais suscetível às agressões externas. Com o passar do tempo, ela apresenta manchas, cicatrizes, afinamento e, principalmente, flacidez. Isso ocorre devido ao envelhecimento intrínseco gerado pela idade, por doenças, por má nutrição, por falta ou exagero de atividade física, entre outros. Agentes externos, como poluição e calor, e agentes químicos também a agridem. As áreas sempre cobertas, como barriga, mamas e nádegas são mais preservadas do que áreas fotoexpostas.

Confira os principais tipos de tratamento para a pele

Fotoproteção e hidratação: é muito importante proteger e resguardar a pele com filtro solar de amplo espectro e número alto. Hoje, existem formulações muito completas com hidratantes e antioxidantes. É, certamente, uma das chaves para prevenir o envelhecimento e a flacidez.

Radiofrequência – Legacy®: o calor estimula a formação de colágeno de melhor qualidade.

Ultrassom microfocado – Ulthera®: a energia direcionada que penetra profundamente na pele atinge a fáscia muscular. Assim, provoca a contração da mesma, com efeito de levantamento. Pode ser utilizado nas áreas do pescoço, do colo e da face. A aplicação é anual.

Lasers – Fotona®: alguns tipos de laser são usados para o tratamento da flacidez corporal, como o Fotona®, que é bastante completo e, por meio de ponteiras diferenciadas, emite muito calor na pele, atingindo grande profundidade e melhorando a parede dos vasos, as fibras de colágeno e elastina. Também diminui a gordura localizada, além de melhorar a flacidez facial e corporal.

Bioestimulação para evitar flacidez: produtos com ácido polilático e hidroxiapatita de cálcio, que são diluídos e aplicados na pele, formam uma matriz que estimula a formação de colágeno novo e de boa qualidade. São necessárias de 3 a 4 sessões com intervalo mensal. A aplicação é ligeiramente dolorosa no momento e a recuperação é rápida.

*Matéria originalmente publicada na edição 223 da revista TOPVIEW.

Leia mais:

Rosácea: prevenção e tratamentos, por doutora Bettina Sanson

Neste Artigo


Converse com a Gente