Resiliência é preciso - TOPVIEW

Resiliência é preciso

Neste período conturbado de pandemia, adotar novas práticas e trabalhos pode ajudar a abrir os horizontes

Compartilhe

O coronavírus adquiriu proporções mundiais e o fato de termos de permanecer ilhados nos fez diminuir o foco. Passamos a apreciar as pequenas coisas, a valorizar tudo aquilo que está mais perto. Também passamos a olhar com outra lente para novas oportunidades. E, quando o mundo parou, buscamos empresas e profissionais locais como um meio de fortalecer os negócios e nós mesmos. Para os maquiadores, não foi diferente.

Com os salões fechados e os eventos cancelados, conheço quem aproveitou para começar outra atividade bem diferente do make
up. Há um colega, por exemplo, que arrasa no pudim e achou na receita uma nova fonte de renda que adoça a vida dos outros. Eu mesmo me forcei a sair do comodismo: com o que que aprendi nos cursos e na prática com o cabeleireiro Willian Mayer, pude voltar a criar protocolos de tratamento para os fios que há tempos planejava fazer.

Ampliei meus conhecimentos, ganhei novas habilidades, descobri novas coisas para compartilhar nas redes sociais e, ainda, pude incrementar meu trabalho. Quando tudo voltar, estaremos mais resilientes, mais versáteis e melhores. E você, já se reinventou hoje?

*Coluna originalmente publicada na edição #240 da revista TOPVIEW.

In this article

Join the Conversation