Coluna Thiago Straub, setembro de 2018 - TOPVIEW

Coluna Thiago Straub, setembro de 2018

Brilho, cores e um toque de anos 1970 conferem atitude a maquiagens que são tendência na próxima estação

732 0
Compartilhe

Elas são lindas, jovens e superantenadas com todas as tendências, seja de viagem, beleza, automobilismo ou de moda… e, nesta coluna, elas entram na festa, no mais puro estilo disco, já que as festas que rodeiam o automobilismo e a aviação são regadas a muito glamour! Cheias de atitude, elas apresentam o que será tendência em beleza na próxima estação!

Não é de hoje que o brilho e as cores vêm dominando as maquiagens pelo mundo, seja nos red carpets (viva a deusa do make Pat McGrath, que ousou usando uma boca de glitter na diva Naomi Campbell, em 2016) ou nas passarelas nacionais e internacionais.

Ambos devem ser usados e abusados, mas sempre se preocupando com a ocasião. Maquiagens mais irreverentes vão bem em bailes e pistas de dança… evite o excesso quando se usa branco (noivas e debutantes, para essas ocasiões, optem pelo clássico, que lhes deixarão lindas por toda a vida nos álbuns, sem deixá-las datadas, ok?).

Mas, para você arrasar pelas pistas mundo afora, siga estas dicas e brilhe por onde passar! E lembre: o cabelo e a maquiagem são os acessórios da estação! Com um diferencial, são únicos e exclusivos!

Julia: ruiva, futura roteirista

Morou em Londres por anos, onde se formou em Marketing, mas se dedica atualmente a criar roteiros. Uma perfeita jet setter internacional, dona de um estilo único e marcante (do qual, aliás, sou fã), está sempre no modelão e frequentando as melhores festas pelo mundo…

A brincadeira entre cores, neste caso, combina inclusive com os fios avermelhados, que contrastam muito bem com a sombra verde cintilante da paleta Pat McGrath e os cílios bem trabalhados, alongados no canto externo, deixando o olhar mais sensual. Os lábios com gloss laranja harmonizam também e observe que todo o restante se encaixa de maneira esfumada na pele clara e nos cabelos avermelhados, sem contrastes. O blush Coppertone, usado nas bochechas e nas têmporas, garantem a modernidade do look, em uma releitura dos anos 1970.

P.S.: as sobrancelhas, no geral, acompanham a cor dos cabelos.

Manoella: advogada, diretora financeira e com novos projetos na área de turismo

Advogada por formação, mas à frente de uma empresa de importação, é uma viajante nata e está sempre entre as mais “mais” de qualquer evento pelo mundo.

Ah… o azul! Certamente uma das minhas cores preferidas na maquiagem, mas cuidado: é a mais difícil de acertar – talvez, por isso, minha paixão. Para uma cor mais vibrante, explore os pigmentos da M.A.C., que, combinados com o glitter da mesma marca, dão um brilho superdisco! Da mesma forma, os cílios foram trabalhados com mais intensidade nos cantos externos, já que brilho, cor e excesso de cílios podem facilmente deixar o look over. Os olhos azuis, combinados com uma boca vermelha mate, fogem do óbvio e deixam o look sofisticado. Porém, para haver equilíbrio, a pele deve ser leve, iluminada e sem grandes marcações.

Laura: fashionista, stylist e modelo

Laura Kubrusly.

Ela sempre esteve entre as mais influentes no quesito estilo, mas foi lançando seu Project & Go, com o fotógrafo e amigo Henrique Schmeil, que passou a ser mais notada nacional e internacionalmente.

As loiras inegavelmente ficam deusas com os tons róseos! Apesar de a cor já estar batida – foi muito explorada nas últimas estações, de todas as maneiras –, ela ainda se faz presente, porém, de forma mais comedida nos olhos e mais marcante nas têmporas, unindo-se ao blush (aqui, feito com a paleta de sombras da Kylie, deixando tudo bem marcado, bem 1970)! Para acompanhar essa tendência, o glitter foi bem presente nas pálpebras móveis, pois assim permanecem discretas. Nos lábios, um batom com cor de carne: Cherry Pink (Guerlain).

GET THE LOOK

M.A.C. Glitter
M.A.C. Sombra
Guerlain Batom Cherry Pink
Kylie Jenner Sombras.
M.A.C. Pigmento

Agradecimentos especiais: Pars Collect para Namix, Julia Miranda, Manoella Taques, Laura Kubrusly e Daniel Katz.

*Matéria publicada originalmente na edição 215 da revista TOPVIEW. 

Neste Artigo

Converse com a Gente