Coluna Thiago Straub, abril de 2018 - TOPVIEW

Coluna Thiago Straub, abril de 2018

Elas são lindas, bem-sucedidas e amam viajar! Sempre que podem, estão em algum aeroporto around the world, prontas para descobrir um destino diferente!

Compartilhe

Mariana Cassou

(Foto: Daniel Katz)

Empresária de moda, é sócia e cofundadora do bem-sucedido e-commerce Gallerist e mãe de Olivia (1 ano e 10 meses e quatro passaportes) e Cecília (a caminho). Além de estar sempre em Paris, Nova York e afins a trabalho, ama lugares exóticos – aliás, deu a volta ao mundo com a pequena Olivia ainda na barriga. Já esteve no Butão e casou-se em Marraquexe. “Tenho uma paixão especial pela África, seja para conhecer novos lugares, para visitar praias paradisíacas ou para fazer um safári”, diz.

Dona de uma genética abençoada, Mariana é alta, magra, tem a pele impecável e um cabelo lindo, mas não é muito ligada (ainda) em produtos de beleza, exceto shampoos e produtos para cabelo. Como habitué da Coreia do Sul, tem uma queda pelas máscaras de rosto, símbolo dos cosméticos coreanos.

Sua nécessaire é enxuta, para evitar excesso de peso nas viagens, mas serve da neve às praias. Item indispensável? Corretivo e, hoje em dia, o BB Cream. Mariana também trouxe para a sua rotina o óleo de argan, que conheceu em sua querida Marraquexe, e o usa para tudo – pele, cabelos e unhas. Fã de massagens, entrega-se aos spas por onde anda, mas foi na Tailândia que encontrou os melhores (esse é um de seus segredos para se manter bem nas viagens durante a gravidez).

Aliás, no nono mês de espera da segunda filha, Mariana já está planejando as próximas viagens. Além da Itália, para o verão europeu, está ansiosa para conhecer o Deserto do Atacama.

Paola Gulin 

(Foto: Daniel Katz)

Fez de sua paixão uma profissão: montou a NomadRoots, agência de viagens especializada em proporcionar experiências! Além de já ter viajado o mundo como modelo quando mais jovem…

Ela é dessas pessoas que acabam sempre se entregando à cultura de cada lugar. Um exemplo? Quando voltou da Índia, usava no dia a dia o terceiro olho… encantou-se também com o kajal e percebeu que mesmo homens e crianças usam essa maquiagem, pois, em alguns lugares, acredita-se que espanta o mau-olhado e previne doenças. Paola gosta de entender os lugares que visita.
Como já modelou, viu alguns dos tratamentos estéticos mais bizarros, como o banho de sanguessugas e a toxina deixada pelas lesmas, que, segundo alguns, é um segredo para a juventude. No entanto, não se sentiu tão à vontade para experimentar essas esquisitices…

E, como viajar é sua profissão, acabou adquirindo um hábito peculiar: tudo o que tem de acessórios de beleza está sempre em nécessaires, mesmo quando Paola está em casa…

Vanessa Taques

(Foto: Daniel Katz)

Nossa outra viajante é empresária, uma das maiores importadoras de artigos para casa e mãe de três (lindas) meninas. É uma apaixonada pela Ásia! Viu na Tailândia as paisagens mais lindas do mundo, ama a comida tailandesa e, claro, seus tratamentos estéticos, principalmente as massagens. Na Indonésia, segundo ela, em que é fã da receptividade do povo, estão os melhores hotéis. Nas Maldivas, diz, está o mar mais lindo do mundo.

Mas sua verdadeira paixão é a Índia: “Me encanta a cultura e, principalmente, a sabedoria daquele povo”. Foi lá que Vanessa se entregou à yoga: “Respirar é fundamental para o bem-estar e para a beleza… e saber respirar é yoga”.

Apesar de estar sempre cruzando o mundo em um avião, Vanessa não é adepta de remédios e usa a boa alimentação (segue a dieta paleolítica) como cura para tudo, outro costume que acabou adquirindo em suas viagens. Mas, na Tailândia, conheceu os óleos essenciais, que usa para manter o equilíbrio do corpo.

Outro segredo de beleza: “Nunca lavo o rosto com água da torneira, só mineral… prefiro limpar a pele sempre com água. Demaquilante, apenas na área dos olhos”, entrega Vanessa.

Adepta de uma maquiagem com olhos mais marcantes, incorporou o kajal à sua nécessaire, que está sempre pronta.

Podemos perceber pelas estrelas desta coluna que um dos grandes segredos da beleza é se entregar a novas experiências e adquirir o máximo de cultura. A beleza, hoje em dia, torna-se cada vez mais cosmopolita e manter-se bela é estar bem consigo mesma, seja no Japão, na Índia ou aqui, em Curitiba.

Na nécessaire

(Foto: Daniel Katz)

Um grande segredo para se manter bem em qualquer lugar, da neve às praias, é ter duas nécessaires: uma que possamos despachar e outra, de preferência a de maquiagens, que levamos conosco e nos salvam a qualquer momento…

Para despachar: essa nécessaire vai com shampoo e condicionador (minha sugestão são os da marca francesa Phyto), hidratante (Embryolisse), protetor solar para o cabelo (Phyto), laquê para o cabelo (Phyto), – afinal, nunca se sabe quando podemos ter uma festa bafônica –, e maquiagem para pernas… além, claro, do básico, como escova de cabelo, de dentes…

Para a segunda nécessaire, separamos as maquiagens, que, sendo bem básicas, consistem em duas palhetas pequenas de sombras: uma mais neutra, com tons terrosos, e outra com cores mais festivas; dois tons de corretivos (claro para olheiras e médio para manchas e espinhas); uma base mais fluida; um pó compacto e um pó bronzant (da Guerlain, o melhor); um blush neutro (Harmony, da M.A.C.); batom; gloss; protetor solar (Anthelios); máscara de cílios; lip balm ou hidratante labial (avião é inimigo dos lábios e é bom mantê-los sempre hidratados); água thermal (revitaliza qualquer look após uma viagem e ajuda a manter a pele apresentável, mesmo depois de horas e horas de voo); um estojo para viagem com pincéis de maquiagem; e, finalmente, mas não por isso menos importante, o stick da Embryolisse Radiant Eye, que diminui o inchaço dos olhos – além daquelas nossas fórmulas milagrosas que os dermatologistas, nutricionistas e todos os especialistas nos passam e não conseguimos mais viver sem!!!

Obs.: todos os produtos citados podem ser encontrados na Drogaria Iguatemi (Pátio Batel) e na M.A.C.

*Agradecimentos especiais: Rimowa, Gallerist, Bazaar Fashion e Tina Gabriel Flores.

*Matéria publicada originalmente na edição 210 da revista TOPVIEW.

In this article

Join the Conversation