Como acertar no dresscode para a festa, por Michelle Jamur

Convidada de Marcos Soares, Michelle Jamur garante: “É tempo de sentir e ser autêntica”

A empresária da moda é convidada da coluna para analisar tendências de roupas e comportamentos para festas

308 0
Compartilhe

Recebeu um convite para um casamento especial? Vai ter seu baile de formatura em breve? Ou simplesmente tem uma festa badalada em vista e não quer ir com um vestido “pretinho básico”?

Independentemente do seu estilo, do dresscode ou de quanto está disposta a investir, a dica mais valiosa é: escolha um look que seja versátil, que se transforme e não fique encostado no closet após uma única usada. Precisamos consumir com consciência!

Na hora de escolher sua produção, vale ressaltar que, independentemente do modelo, um tecido de qualidade faz toda a diferença: invista em peças especiais!

“Na vida e nos looks, conhecer, viajar, buscar novas experiências e se arriscar são a premissa desta estação.”

Sentir o essencial

A correria do dia a dia nos afasta da nossa verdadeira essência, porém, quanto mais próximos estivermos das nossas sensações, mais fácil e leve fica a vida. A moda tem essa missão: fazer com que as roupas despertem prazeres, sensações e lembranças afetivas.

E, ainda mais importante, seja autêntica! Por que não trocar o longo bordado por um curto de paetê? Ou até um macacão poderoso ou um smoking inusitado? Ou um vestido minimalista, que possa ser usado em um casamento, um aniversário e até em um evento informal, dependendo dos acessórios e da produção?

Opte pelo look que faça você se sentir linda, mas só se fizer sentido para você! Afinal, é quase um luxo, nos dias de hoje, parar e SENTIR. Sentir por sentir, sem ter que compartilhar, comentar ou fotografar. Na vida e nos looks, conhecer, viajar, buscar novas experiências e se arriscar são a premissa desta estação. Ouse sem medo de ser feliz!

Matéria originalmente publicada na edição 221 da revista TOPVIEW.

Neste Artigo

Converse com a Gente