Cirurgia Plástica: Redes sociais influenciam jovens e adultos a partir para esse procedimento- TOPVIEW

Cirurgia Plástica: redes sociais influenciam jovens e adultos a partir para esse procedimento

O Brasil é líder no ranking de cirurgias plásticas em pessoas com idade entre 13 e 18 anos

Compartilhe

A grande exposição e permanência nas redes sociais têm refletido na busca por procedimentos estéticos e cirurgias plásticas. Um estudo da Academia Americana de Cirurgia Facial, Plástica e Reconstrutiva revela que 55% dos cirurgiões plásticos faciais atenderam, em 2017, pacientes que fizeram procedimentos estéticos para aparecer melhor em fotos nas redes! 

Segundo pesquisa da Opinion Box sobre o Instagram no Brasil em 2019, a rede social é a preferida dos mais jovens, enquanto os mais velhos têm ainda mais resistência. 67% dos entrevistados acessam o Instagram várias vezes ao dia e 83% dos entrevistados segue alguma empresa ou marca na rede social.

Sobre o nível de influência da opinião de pessoas famosas no Instagram, na hora de comprar e consumir produtos, 40% dos usuários da rede social disseram se sentir influenciados, sendo 15% muito influenciados pela opinião dos famosos.

O último levantamento da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) aponta que o país lidera o ranking de cirurgias plásticas em jovens com idade entre 13 e 18 anos. Só em 2016, segundo o levantamento, foram feitos 97 mil procedimentos em jovens nessa faixa etária.

“Alguns idealizam um padrão de beleza e querem parecer igual a uma foto que encontraram na internet. Mas cada corpo é individual, com suas peculiaridades e os resultados dependem muito desse formato”, explica o médico cirurgião plástico, Bruno Legnani,

Uma tendência para 2020 são resultados mais naturais, que respeitem mais a estrutura do corpo de cada paciente. A valorização da beleza natural também está relacionada com a grande e crescente exposição nas redes sociais.

“É notório também a busca por procedimentos não invasivos, como o botox, por exemplo. Muitos pacientes não desejam se submeter a uma cirurgia, e esses procedimentos são uma alternativa rápida de ter uma aparência mais jovem”, explica, citando a toxina botulínica e preenchimentos faciais como os mais procurados.

Sim, é possível conseguir resultados muito satisfatórios com a cirurgia plástica. Porém, é válido pontuar que a preocupação com a aparência não pode nortear o dia a dia das pessoas. “Figuras públicas, influenciadores digitais e famosos muitas vezes usam filtros, programas para modificar o corpo para passar uma boa imagem. Mas é irreal, não se pode acreditar em tudo”, finaliza o médico.

colaboração
EMILIA JURACH

In this article

Join the Conversation