FASHION

Chegou a vez do plush: o tecido mais quentinho e estiloso

Fofinho, o tecido está presente na moda feminina, masculina, infantil e bebê; veja algumas ideias de looks e inspire-se

O frio já chegou na maioria das cidades do país e nessa estação todo mundo quer roupas que sejam confortáveis e quentinhas — o que não quer dizer que elas não possam ser também bonitas e estilosas. O tecido plush tem todas essas características e, por isso, tem ganhado cada vez mais espaço no mundo da moda.

De poliéster leve e toque macio, uma das grandes qualidades do plush é a sua versatilidade. Ele está presente em peças para todos os gêneros, faixas etárias e estilos. Fica perfeito em uma calça jogger, em um casaco ou em um conjuntinho infantil, por exemplo.

Outra vantagem é que ele aquece bem o corpo. O motivo é que é feito de fibras muito finas, criando uma superfície que, além de macia, é densa, o que garante bom isolamento térmico. Apesar disso, o plush deixa a pele respirar e transpirar com facilidade.

E ainda tem o fato de ele ser macio e suave ao toque. Afinal, é um tecido que serve tanto para fazer mantas e ursinhos de pelúcia quanto roupas. O plush tem a textura de um pelo sintético e o resultado pode ser descolado ou elegante, dependendo do estilo e do acabamento das peças.

Muito além do pijama

Há muitos anos o plush faz sucesso em pijamas, pantufas, meias e aqueles roupões quentinhos de ficar em casa. Realmente essas peças são uma delícia, mas elas não são as únicas a incluir o tecido. Aliás, quem pensa que roupa de plush é só para ficar em casa precisa rever os seus conceitos, pois ele já ganhou as ruas.

A única desvantagem desse tecido é que ele pode acumular bolinhas e plumas com alguma facilidade. Para evitar esse problema é só tomar cuidado na hora de lavá-lo, separando-o de outras peças. Quer dizer, o plush oferece ainda outro perigo: o de você só querer usar roupas feitas dele.

Quer começar a usar o tecido mas ainda não sabe em que peças ele vai bem? A resposta é: em todas. Mas, para te ajudar, fizemos uma lista com algumas que são tendência.

Vestidos

Os vestidos em plush são quentinhos e cheios de estilo, perfeitos para várias ocasiões diferentes. A dica é investir em meias de trama grossa para garantir que o look aqueça bem. Os acessórios e a sobreposição com um casaco em outra textura também podem ser determinantes para dar o tom da produção.

Conjuntinhos

Eles ficam uma fofura para as crianças, especialmente se forem peças divertidas, como as que imitam bichinhos. No entanto, conjuntinhos em plush também podem e devem ser usados por adolescentes e adultos.

Os clássicos calça e casaco ou saia e blusa podem ser muito elegantes, além de confortáveis. Uma vantagem é que as peças dos conjuntinhos também podem ser usadas separadamente e combinam com tudo. Com jeans, por exemplo, qualquer peça em plush fica perfeita.

Casacos e jaquetas

Essas são as peças nas quais o plush faz mais sentido. Mas o que você talvez não saiba é que os casacos em plush podem ter uma infinidade de estilos diferentes. 

Existem opções muito peludas e em cores marcantes, para quem quer chegar chegando; mas também há vários modelos com texturas e cores discretas, para quem prefere peças que não chamem tanta atenção.

Peças animal print

Os casacos de pele já foram sucesso na moda, mas muita gente não concorda com a forma como eles são feitos. O plush é a solução, pois pode imitar a textura dos pelos dos animais e, por isso, fica perfeito com esse tipo de estampa. As mais comuns são padronagens que remetem à pelagem de onças, tigres, zebras e girafas.

Deixe um comentário