Conheça os efeitos do inverno no cabelo da mulher de cada região do Brasil

Conheça os efeitos do inverno no cabelo da mulher de cada região do Brasil

A Amend recomenda os produtos específicos para o cuidado dos cabelos das mulheres de diferentes regiões do Brasil

Compartilhe

Mulheres e seus cabelos. Toda a mulher tem uma relação com seus fios, longos, curtos, lisos, encaracolados, pintados ou naturais, o cabelo faz parte da vida feminina e cada uma de nós sabe exatamente as características de nossos fios. Seja num bad hair day, ou num dia em que o cabelo está incrível, cada região do país tem seu clima e suas características, que influenciam na aparência das cabeleiras.

O Instituto Amend, formado com o objetivo de estudar profundamente o cabelo da mulher brasileira, em parceria com Sonia Corazza estudou cada região do Brasil no inverno, o que ocasionam nas madeixas das mulheres e quais produtos da marca são os mais indicados . Confira:

CABELOS SULISTAS & O INVERNO

No sul, a temperatura média que vai de junho a agosto fica entre 10 e18 graus, mas o termômetro pode cair até o zero ou até invadir índices negativos. As chuvas são muito raras e o ar fica mais seco.

O impacto do clima nos cabelos de gaúchas, paranaenses e catarinenses é, à primeira vista, positivo, com diminuição do frizz e pouco dano vindo da radiação solar. Mas o grande perigo para estes cabelos é o aumento da temperatura da água do banho, já que dias frios são um convite para o chuveiro na posição de máximo aquecimento.

A água quente rouba a proteção natural do cabelo e pode danificar sua estrutura, tornando-o ressecado, propenso a fragilidade e aumento da probabilidade de quebra do fio.

No inverno, o cabelo das sulistas necessita de muita hidratação na hora do banho. Escolha máscaras para usar pelo menos 2 vezes por semana, assim você vai recuperar os fios agredidos pela água muito quente.

Uma boa dica de produto é a Máscara Maciez e Brilho Hair Dry Amend, que cria uma película protetora e ajuda os fios a resistirem aos efeitos que vem com o inverno.

INVERNO NAS CABELEIRAS NORDESTINAS

Inverno no nordeste significa cabelo arrepiado, já que a temperaturas média de inverno fica entre 20 a 28 graus. Chuvas abundantes e ar úmido são características dessa época, tornando os cabelos muito indisciplinados, difíceis de pentear e com aumento de volume ao longo do dia. Temperatura e umidade altas associadas significam frizz para qualquer tipo ou condição de cabelo, até os virgens, sem nenhum tratamento químico.

Produtos que facilitem o pentear, além de outros que prometam eliminar os efeitos da umidade excessiva são algumas das opções. O uso de um finalizador é indispensável para os fios das nordestinas.

O ingrediente ativo responsável pelos muitos efeitos benéficos combina proteínas e aminoácidos de origem vegetal e tem um nome bem grande: Hydrolyzed Wheat Protein PG-Propyl Silanetriol. Para controlar os arrepios capilares de inverno nordestino o Leave- in Frizz Control Climate Control Amend,  combina um filtro solar e termo polímeros em sua fórmula.

O FRIO DO INVERNO NOS CABELOS DO SUDESTE

Paulistas, mineiras, cariocas e capixabas, atenção! Essa é a chamada especial para entender o que acontece com seus cabelos com a chegada do inverno.

As frentes frias de inverno no sudeste são de intensidade fraca, mas conseguem trazer chuvas que aumentam repentinamente a umidade e depois baixam rapidamente a temperatura. Nevoeiro e neblina também são muito comuns nessa região, afetando diretamente a condição dos cabelos, tornando os fios pesados e sem movimento.

Quem deve entrar para o menu de produtos amigos da mulher do sudeste no inverno são as mousses finalizadoras, que compensam o efeito da umidade excessiva presente no ar e impedem que o cabelo fique com aspecto murcho e sem forma.

Um bom ingrediente para buscar na fórmula é a planta Aloe Barbadensis , que consegue balancear o nível de umidade ideal para o cabelo.

A Mousse Modeladora Valorize Amend é uma boa dica, o produto modela bem qualquer tipo de cabelo. Sua fórmula multifuncional doa brilho, maciez e protege dos efeitos nocivos do calor vindo do secador e dos modeladores elétricos ainda mais usados no inverno .

UM INVERNO DIFERENTE PARA OS CABELOS NO CENTRO-OESTE

Invernos excessivamente secos são característica mais marcante do clima para os estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e o Distrito Federal. Nos grandes períodos de seca os cabelos descansam da formação de frizz, porém sofrem com a desidratação, tornando- se opacos e ásperos.

Os cuidados diários com o cabelo exigem hidratação intensiva. E quem ganha o foco agora é o Elixir Capilar, que além de proteger o cabelo da desidratação, doa maciez imediata e ajuda a recuperar a elasticidade.

Os produtos mais indicados são o Óleo Capilar Serum Disciplinante Discipline Liss Amend e o Óleo Tratamento Protetor de Monoi Millenar Oil Segredos do Taiti Amend, ambos campeões contra a seca do inverno.

NORTE, QUASE SEM MUDANÇA NO INVERNO

No norte o clima é quente e úmido o ano inteiro. A alta umidade presente o ano todo, associada ao calor podem deixar os cabelos escorridos e sem movimento, agredidos pelo sol, que resseca e desbota a cor natural.

Neste clima de inverno quase inexistente, o ideal é aproveitar estes meses de meio do ano para cuidar da cor do cabelo, revelando seus aspectos mais interessantes.

Quem tem cabelos acobreados, sejam naturais ou obtidos com tonalizantes, pode se beneficiar muitos com Polissacarídeos nutri-protetores , Óleo de Avelã e extrato de Tamarindo que revigoram e iluminam a esse tom de cabelos, tornando-o vibrante.

A linha Realce da Cor Cobre Effect Amend é composta de shampoo e condicionador, que podem ser usados no inverno dos nortistas para salientar a sedutora cor dos seus cabelos.

Para quem tem tons avermelhados, o ideal é o Extrato de Romã, que juntamente com aminoácidos, antioxidantes e flavonoides formam um escudo protetor, evitando o desbotamento e ajudando a reter por mais tempo a cor nos fios. E aqui a linha mais indicada é Realce da Cor Red Revival Amend, que também possui filtro solar na fórmula e vai foto-proteger quem mora no norte do Brasil.


Join the Conversation