FASHION

Bioestimuladores de colágeno: conheça os tratamentos queridinhos do momento

Pele saudável, firme e com aquele glow natural: queremos!

Dos procedimentos estéticos mais procurados, os bioestimuladores são, sem dúvida, os que mais entregam benefícios para quem quer manter a pele sempre jovem. “Os bioestimuladores são procedimentos que causam uma leve inflamação na derme, fazendo com que as células responsáveis pela produção do colágeno passem a produzir novas fibras que dão mais sustentação à pele. Alguns também agem preenchendo a região e podem substituir outros procedimentos mais clássicos. Por tantos benefícios e resultados altamente satisfatórios, os bioestimuladores têm sido os mais queridinhos do consultório”, explica a Dermatologista especialista em Estética e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), Dra. Nádia Bavoso

Entre os principais, podemos destacar:

Sculptra

Trata diretamente a flacidez de regiões como glúteos, abdômen, coxas e braços. Pode ser usado no rosto, desde que em regiões com pouca movimentação, como nas têmporas, e deve ser evitado na área dos olhos e boca. Ao estimular o colágeno, melhora o contorno corporal e facial, além de minimizar rugas e marcas de expressão mais leves. A aplicação dura em média 40 minutos e o paciente precisa fazer uma massagem após o procedimento para evitar o surgimento de micronódulos na região. 

Radiesse

Proporciona preenchimento imediato e estimula a produção de colágeno através de uma substância chamada hidroxiapatita de cálcio. O resultado é uma pele naturalmente mais firme. Sua indicação é para rugas e marcas de expressão mais graves no rosto. Também tem ótimo resultado nas mãos, pescoço, colo, parte interna do braço e do joelho. Tratamentos com ultrassom potencializam o combate à flacidez. A sessão dura 40 minutos.

Ellansé

Procedimento indicado para peles mais maduras ou que perderam muita firmeza depois de uma perda de peso intensa, como no caso de pacientes que fizeram redução de estômago. Devolve volume e a aparência saudável para a pele. Não pode ser aplicado nos lábios e pálpebras. Chega a dar 30% mais volume que aplicações de ácido hialurônico, por isso, é preciso escolher um profissional bem habilidoso na técnica. Se somado a tratamentos que usam laser ou ultrassom, potencializa a produção de colágeno. Pode causar hematomas e cada aplicação dura em média 30 minutos. Dos bioestimuladores, ele é o mais duradouro. 

“A duração de cada procedimento varia em torno de 1 ano a 1 ano e meio, mas isso depende muito da pele da paciente. Outro fator importante é o estilo de vida: manter alimentação equilibrada, exposição solar saudável e rotina de atividade física também potencializa os resultados”, afirma a Dra.  

Deixe um comentário